Só Confirmando

Meditação do dia 26/05/2019 

 “E disse: És tu meu filho Esaú mesmo? E ele disse: Eu sou.(Gn 27.24)

 Só Confirmando – Quando crianças, ficava sempre aquela pergunta na cabecinha da gente: Como é que o pai ou mãe sabe que estamos mentindo? As vezes eles nem precisavam perguntar; eles já partiam direto para o ataque e na maioria das vezes estavam certos. Agora, sei que isso se chama discernimento e maturidade. Pelos anos rodados, conhecemos os caminhos e os atalhos das atitudes infantis e também a cara não nega, quando se faz uma arte. Sempre que leio e trabalho nessa história de Jacó, eu fico pensando com meus botões, que Isaque teve seus momentos de dúvidas e no seu interior, algo lhe dizia que tinha alguma coisa errada. Ele fez diversas sondagens e procurou averiguar a veracidade dos fatos, mas Jacó estava firme e consciente de que era Esaú e disposto a convencer o pai também e levar a bênção.  Pode ser que ele assumiu que estava errado, mas já havia embarcado na aventura com sua mãe e desembarcar agora no meio da viagem, só revelaria fraqueza e falta de confiança em si mesmo e além de perder a bênção do pai, ficaria mal com a mãe, sem contar que a amizade com o irmão já estaria de qualquer forma comprometida. Ir até o final, parecia ser de fato a melhor solução. Comparando essa história com a de outros dois irmãos, no caso Abel e Caim, percebemos que Caim agiu traiçoeiramente e se mostrava firme como quem não sabia de nada. Mesmo com as várias oportunidades que o Senhor Deus lhe dava, através da inquirição sobre o paradeiro do irmão e sobre sua condição de fazer as coisas da maneira correta, ele se mantinha irredutível. Não sabia onde estava o irmão e não achava que era sua responsabilidade; não havia oferecido o sacrifício inadequado e não estava disposto a trocar e fazer o certo. Tudo se resumia no tratamento diferenciado e preferencial que o Senhor tinha para com seu irmão. O pecado que lhe estava batendo à porta, não era alto o suficiente para ouvir, mas dar ouvidos à sua amargura era totalmente possível. No caso de Jacó, ele estava assumindo um risco deliberado de ser desmascarado pelo pai e pelo irmão, não nessa mesma ordem, mas de um jeito ou de outro, uma hora a verdade iria se fazer claro. Esperar ser desmentido, desmascarado e assim se expor a vergonha e ao desprezo ou reprimenda das pessoas em autoridade nunca deve ser encarado como a solução mais aceitável. O certo é sempre o certo e em alguma eventualidade isso pode estar num contexto em que se torna errado; mas o que já é naturalmente errado, não tem contexto em que se torna certo ou aceitável. Não se constrói algo permanente sobre fundamento falso ou enganador. Esse mal sempre recairá sobre seus autores. Há uma história da Grécia antiga, quando alguém fez algo bom e ganhou dos cidadãos uma estátua como lembrança e memorial do seu feito. Alguém não gostou e entendeu que ele deveria ter ganhado aquele presente e cultivou um sentimento de inveja e trabalhou isso dentro de si para destruir a estátua do adversário. Todos os dias ele passava lá e serrava um pouquinho no pé da estátua, de modo que não se percebia, até que um dia ela cairia; e caiu mesmo, sobre ele em plena atividade de sabotagem. Perdeu a vida e foi notável a todos a razão tanto da queda da estátua quanto de sua motivação interior. Olha o que diz Pv 24.8: “Aquele que cuida em fazer mal, mestre de maus intentos o chamarão.” Jacó tem muitas virtudes e exemplos bons para imitarmos. Sigamos os bons exemplos.

 

Senhor, obrigado pelo dia de hoje e pela história que podemos escrever nele. Obrigado pelas boas lições da tua Palavra e dos teus servos que trazem esperança e consolo para nossa jornada de cada dia. Em nome de Jesus, amém.

 

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s