Previsões Imprevisíveis

Meditação do dia 03/06/2019 

 “Até que se desvie de ti a ira de teu irmão, e se esqueça do que lhe fizeste; então mandarei trazer-te de lá; por que seria eu desfilhada também de vós ambos num mesmo dia?(Gn 27.45)

 Previsões Imprevisíveis – O futuro a Deus pertence! Para nós, os mortais, ele é sempre opaco, imprevisível e indecifrável. Sem a ministração do Espírito Santo de Deus, o que chamamos de “profético,” todas as demais tentativas de prever ou antecipar fatos do futuro é mero exercício de charlatanismo. A soberania de Deus permite que ele mude os tempos e as estações, estabelecer reis e remover reis, escolher esse e rejeitar aquele, exercer juízo sobre um e misericórdia sobre outro sem que nada disso ofenda sua santidade de caráter e sua perfeita natureza divina. A centelha divina que há em nós é maravilhosa e nos atrai para ele, como se orbitássemos à sua volta e com o desejo de cada vez estar mais próximo. A vida centrada em Deus é maravilhosa e cheia de aventuras que terminam bem. A nossa querida irmã Rebeca, tomou decisões por conta própria com vista a alcançar para o filho as promessas de Deus, que na verdade já eram dele e nessa precipitação emocional quebrou a harmonia do seu lar e fomentou uma separação raivosa entre os seus dois filhos. Jacó, pensando com seus botões não tinha nenhum ódio, mágoa ou revolta contra o irmão. Na sua cabeça, ele apenas exercera o direito adquirido sob juramento ao comprar o direito de primogenitura de Esaú. Sua consciência podia até estar tranquila, mas sua vida estava em risco e as aparências era de que Esaú estava implacável e irreconciliável. Se os pais não haviam agido antevendo os fatos, parece que se viam de mãos amarradas agora, pois ambos haviam tomado partido de um ou de outro à revelia. A casa estava dividida, pois era Isaque e Esaú de um lado e Rebeca e Jacó do outro. Como nos dias de hoje, Rebeca resolveu jogar com o fator tempo, dar tempo e espaço entre os irmãos, assim a fúria se abrandaria e a saudade poderia produzir uma condição melhor para mediar a paz e selar a amizade entre eles, e para isso Jacó seria enviado temporariamente para Harã, para a terra natal da mãe, para viver com o tio até que Rebeca pudesse mandar busca-lo. Planos perfeitos, bem calculados e razoáveis. Mas o tempo e o futuro não estavam nas mãos dela, para prometer o que ela não sabia que poderia cumprir. O temor que ela alimentava de ficar sem os dois filhos, prevaleceu porque Jacó foi para longe sem sair do seu coração e Esaú ficou, mas a distancia permaneceu grande entre eles; e ele ainda se viu menos preferido e mais distante da bênção e da aprovação dos pais. Naquele dia quando Jacó pegou sua mochila e saiu e acenou para ela ao distanciar, foi a última visão que ela teve dele. Assumir a maldição que poderia vir sobre Jacó, não demorou muito para se materializar. “Porventura me apalpará o meu pai, e serei aos seus olhos como enganador; assim trarei eu sobre mim maldição, e não bênção. E disse-lhe sua mãe: Meu filho, sobre mim seja a tua maldição; somente obedece à minha voz, e vai, traze-mos” (Gn 27.12,13). Palavra de mãe tem muito poder! Por isso mesmo, precisam ser palavras ditas com sabedoria e temor de Deus. Na hora da raiva, da decepção, do desespero e da ignorância, se fala muito e sem pensar. Mães precisam ser cheias do Espírito Santo e profetizar poderosamente sobre seus filhos e como todos nós, precisam tomar cuidado com o uso das palavras.

 

Senhor Deus e Pai, obrigado pelas nossas mães que são um modelo de amor e dedicação em favor de seus filhos. Oramos por elas e abençoamos suas vidas e pedimos que prospere muito seus dias e seus ministérios de unir a família e produzir unidade e comunhão. Pedimos sabedoria dos céus para todas elas e que suas palavras sejam de bênçãos e edificação para construir vidas vitoriosas e produtivas para o teu reino. Em nome de Jesus, amém.

 

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s