As Duas Partes da Promessa

Meditação do dia 15/06/2019 

 “E a tua descendência será como o pó da terra, e estender-se-á ao ocidente, e ao oriente, e ao norte, e ao sul, e em ti e na tua descendência serão benditas todas as famílias da terra;(Gn 28.14)

 As Duas Partes da Promessa – Gosto muito de meditar e pensar sobre as alianças de Deus com os homens; essas registradas na Bíblia. Notadamente com Abraão iniciou-se uma estreita relação de amizade e comunhão e as alianças se tornaram parte do relacionamento e elas visavam a posteridade ao longo dos tempos, até chegar ao nível de eternidade. Tal qual dizemos que toda grande caminhada começa com o primeiro passo, assim também o grande projeto de Deus, já em andamento em nível de participação humana desde Adão e Eva; agora se afunilava para uma dinastia específica e começando com Abraão. Era ele e a esposa Sara, estéril e mesmo assim a promessa de um filho se cumpriu aos cem anos de vida do patriarca. Esse filho, Isaque, quase que com os mesmos dilemas, batalhou em oração e intercessão pela esposa Rebeca, que também era estéril; vinte anos de oração e tudo se resolveu com o nascimento de Esaú e Jacó. Os dois poderiam agilizar bem os processos, pois tiveram doze filhos cada um. Mas Esaú saiu da linha de sucessão das promessas por suas escolhas e também dentro de um desígnio divino. Nesse exato momento da nossa observação, Jacó está se inteirando dos acontecimentos da sua primeira noite fora de casa, à caminho de Hará, depois de ter dormido e sonhado. Deus falou com ele e renovou as alianças estabelecidas com Abraão e Isaque. Agora, ele era o terceiro na base de sustentação da grande edificação projetada para uma nação ali se apoiar. O que quero salientar aqui, sobre o texto que reproduz a fala de Deus com Jacó é que lhe foi antecipado fatos que estariam no seu futuro e sobre os quais ele teria influencia se obedecesse e seguisse os passos das veredas de Deus. Entra aqui a questão de desejar fazer a vontade pessoal em detrimento da vontade divina e ainda assim reivindicar os resultados, como se estivesse agindo em obediência plena a Deus. O que as pessoas chamam de pequenas escolhas pessoais e que estão sob suas administrações e que Deus respeita esse “direito” de decidir se quero ou não, se farei assim ou assado. Na verdade isso é apenas uma variação jeitosamente disfarçada da velha e conhecida rebeldia e desobediência aos estabelecido por Deus. Jacó ouviu: “…a tua descendência será como o pó da terra…” isso é uma promessa de Deus! Isso é garantido e certo! Mas não existe descendência e prole para desfrutar as bênçãos prometidas se não houver casamentos, famílias, geração de filhos, ensinamentos de perpetuar as gerações e conscientização do que é a vontade de Deus e qual o propósito dele com isso e qual o nosso propósito e nossa participação nisso. É claro que Deus pode fazer tudo sozinho; mas ele escolheu contar conosco! Agora estamos vivendo para ver uma ou mais gerações que querem ser abençoados, prósperos, herdeiros das promessas e alianças, mas não querem se casar e ter filhos, porque isso dá muito trabalho e custo muito caro e o mundo tá muito perigoso e para se colocar crianças no mundo; para ser responsáveis e dar bom testemunho é melhor não gerar filhos. Dá para acreditar?! De que profundidade das trevas vem ideias e ideologias tais como essas? Para se ter e se ver “…de geração em geração” o projeto original de se casar e ter filhos e cria-los no temor do Senhor e repetir o processo de geração em geração! Precisa-se orar e crer no que queremos crer e fazer o precisa ser feito para tudo acontecer. Há a parte divina e há a parte humana no processo de criação e formulação dos propósitos eternos.

 

Pai, obrigado por nos permitir ser participantes dos teus santos propósitos. Queremos obedecer em fazer e ensinar a fazer para haja continuidade das bênçãos e das alianças, para sempre e sempre. Em nome de Jesus, amém.

 

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s