O Homem Cresceu

Meditação do dia: 14/08/2019

  E cresceu o homem em grande maneira, e teve muitos rebanhos, e servas, e servos, e camelos e jumentos. (Gn 30.43)

 O Homem Cresceu – Em se tratando de Jacó, não é de surpreender o relato de como ele chegou a se tornar uma pessoa de muitas posses, começando praticamente do zero, só mesmo com a mão de obra e muita determinação. Recentemente li algumas publicações sobre os atuais dez homens mais ricos de nossos dias no mundo todo. Em comum, a vontade e a determinação de vencer e prevalecer no mundo dos negócios. Muitos deles não nasceram ricos ou tão ricos, mas souberam cavar onde os demais só viam dificuldades, eles viam oportunidades. Jacó não inventou nenhuma coisa nova, não descobriu nada e nem pioneiro em nada. Atuou em áreas já exploradas e onde os demais já estavam estabelecidos e mesmo assim ele prevaleceu sobre os demais. Algo em Jacó era diferenciado. Alguma coisa ele tinha a ensinar e fazer riqueza além de ser uma bênção de Deus, também tem a mão e as habilidades da pessoa; alguém tem um timing mais apurado e preciso, de forma que estando na mesma roda viva que os demais ele leva vantagens. Como filhos de Deus, herdeiros das bênçãos da aliança de Abraão, nós também somos contemplados pela graça de sermos abençoados e podermos prosperar em nossos dias. Insisto em afirmar que ao me referir sobre o termo prosperidade, não estou embarcando em ondas e modas e indo a extremos; já me referi em outras meditações que não sou adepto da “teologia da prosperidade” mas com maior intensidade eu repudio a “teologia da miséria.” Assim como buscar a riqueza pela riqueza em si, não faz sentido para o cristão, ou buscar o poder pelo poder também é vaidade e perigoso. Sou ferrenho defensor da boa e velha mordomia bíblica e cristã. Sendo súditos de um reino e de um reino da categoria do Reino de Deus, governado por Cristo e sabendo que o seu governo jamais passará e nem o seu trono será de outra dinastia; resta-nos observar biblicamente os parâmetros de como Deus faz as coisas, a qualidade, a beleza, a diversificação e a riqueza de detalhes, para sabermos que no Reino de Deus, não há ostentação, mas soberania, glória e majestade incomparáveis neste mundo e em qualquer outro. Tudo o que Deus faz é bom e tem propósitos nobres e utilidade práticas. Assim sendo, é preferível crer que a boa administração dos dons e talentos distribuídos aos seus filhos, fatalmente leva a riqueza e crescimento. Antes te lembrarás do Senhor teu Deus, que ele é o que te dá força para adquirires riqueza; para confirmar a sua aliança, que jurou a teus pais, como se vê neste dia. (Dt 8.18). alguns até defendem a idéia de que tudo isso que aconteceu com Jacó, foi feito por Deus num processo chamado ou denominado de “Transferência de riquezas,” como citado por Salomão em Provérbios e Eclesiastes. O homem de bem deixa uma herança aos filhos de seus filhos, mas a riqueza do pecador é depositada para o justo (Pv 13.22); Porque ao homem que é bom diante dele, dá Deus sabedoria e conhecimento e alegria; mas ao pecador dá trabalho, para que ele ajunte, e amontoe, para dá-lo ao que é bom perante Deus. Também isto é vaidade e aflição de espírito (Ec 2.26). Mas lembre-se, Deus é justo e se eu e você não trabalharmos duro e diligentemente, com criatividade e seriedade, ele não vai tirar de alguém que é esforçado e laborioso, só para dar para nós só por sermos “Evangélicos!” Esqueça. Riqueza é fruto de trabalho.

Senhor, obrigado por recompensar o esforço e a dedicação de cada um dos seus filhos que desenvolvem os dons e talentos que lhes destes. Obrigado por suprir em Cristo Jesus, cada uma e todas as nossas necessidades. No nome dele, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s