Hora de Retornar

Meditação do dia: 17/08/2019

  E disse o Senhor a Jacó: Torna-te à terra dos teus pais, e à tua parentela, e eu serei contigo. (Gn 31.3)

 Hora de Retornar – Convergencia seria uma boa palavra para utilizarmos aqui. Pois a vontade de Jacó de voltar para a sua terra natal em Canaã, o desagrado da família e Labão para com ele, e a Palavra de Deus para que ele voltasse, tudo convergiu no tempo e na oportunidade. Nosso principal propósito no dia a dia é viver dentro da vontade de Deus em tudo que fazemos; algumas dessas coisas são óbvias e já sabemos qual posição tomar, mas há aspectos que dependemos de uma orientação muito precisa da parte do Senhor, antes de tomar qualquer medida. Jacó veio para as terras de Harã sob as ordens e as bênçãos de seus pais e pessoalmente recebeu a Palavra de Deus, na primeira noite lá em Betel, que estava indo exatamente para onde Deus o queria e ali ele seria abençoado e o Senhor se encarregaria de trazê-lo de volta. Ele fez planos antes de retornar, mas cedeu quando Labão lhe ofereceu uma oportunidade assalariada, onde ele poderia construir um patrimônio propriamente seu. Sabemos que as promessas básicas para sua pessoa estavam todas bem encaminhadas, pois ele se casara, sua família já era de onze filhos e uma filha e o décimo segundo estava à caminho. Em todos esses últimos anos ele acumulara um patrimônio considerável; então de fato, era uma boa hora para colocar os pés na estrada de volta para casa. Que lições podemos perceber aqui e utilizar para nossa jornada? Entre as várias possibilidades, podemos destacar a importância de ouvir a voz de Deus, mesmo quando há ruídos fortes ao redor. Os cunhados e o sogro estavam pressionando e certamente eles faziam isso também através das esposas de Jacó. Elas amavam o marido e os filhos, mas o pai e os irmãos também faziam parte da vida delas, e ver um lado contra o outro tem um peso relevante. Outra lição é saber discernir entre a voz de Deus e suas próprias vozes. Quando o que nossas emoções e razão estão gritando, ouvir o que Deus quer, precisa de um refinamento na comunhão. Também posso pensar aqui na unidade de propósitos dentro daquela família numerosa. Não era uma simples mudança, afinal eles já poderiam estar familiarizados com a vida nômade de pastores; mas agora era uma grande mudança, pois excetuando o próprio Jacó, todos eram nativos dali, e seus laços de afinidade eram ligados àquela terra; embora em todo tempo, eles foram ensinados e relembrados pelo pai que o lugar deles era em Canaã, onde teriam uma terra prometida por Deus e que ali eles se tornariam uma grande nação; ainda tinham os servos e empregados de serviço, dos quais dependia Jacó para o cuidado do seu enorme patrimônio acumulado com a bênção de Deus. Existem situações em nossas vidas, que não é tão simples tomar uma decisão e coloca-la em prática. As nossas raízes precisam ser fixadas nos propósitos de Deus para nós, quanto a tudo que nos cerca, pois as coisas mudam, mas a vontade de Deus permanece para sempre. Uma verdade que foi marcante na vida de Jesus que deve nos acompanhar o tempo todo, foi profetizado nos salmos e deve nos servir de lema: Então disse: Eis aqui venho; no rolo do livro de mim está escrito. Deleito-me em fazer a tua vontade, ó Deus meu; sim, a tua lei está dentro do meu coração (Sl 40.7,8). Prazer em fazer a vontade de Deus, em todo o tempo!

Pai, obrigado, porque a tua vontade é sempre boa, perfeita e agradável. Isso deve nos bastar. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s