A Túnica Colorida

Meditação do dia: 22/11/2019

 E Israel amava a José mais do que a todos os seus filhos, porque era filho da sua velhice; e fez-lhe uma túnica de várias cores. (Gn 37.3)

A Túnica Colorida! – Em que estão estamos? Qual a roupa para esta estação? Você acompanha a moda e segue as tendências das estações? Boa sorte, por eu e a maioria dos mortais não tem essa disposição e muito menos recursos para tal. O que fazemos, então? Seguimos a linha básica. Excetuando-se no Brasil quem vive nas regiões extremas em se tratado de clima, como o sul e o norte/nordeste, mantemos um padrão que pode ser utilizado em todo tempo e com alguma combinação quando há variação climática. Gosto, já sabemos, ninguém discute! Mas o bom senso prevalece em todas as ocasiões. Quem se lembra do smiliguido, aquela formiga que se tornou celebridade em desenhos infantis cristãos? Numa de suas aventuras, aconteceu aquele chamado “A Moda Amarela,” onde acabou virando a maior confusão no formigueiro, porque alguém quis sair do normal e se igualar a outros para ter mais atenção. José, o garoto de Jacó, ganhou uma peça de roupa que o distinguia de todos os demais filhos e parece que de muita gente do seu tempo. Assim como nos contos, Chapeuzinho Vermelho ficou conhecido pelo detalhe, José também ostentava uma túnica única de muitas cores que foi sua marca. Estou pensando em marcas que nos distinguem dos demais, e que característica dessa marca imprime traços do nosso caráter, de forma que a pessoa fica conhecida e distinguida por aquilo. O pai de José tinha a intenção de presentear o filho, de forma a expressar o amor e a distinção que ele apreciava naquele filho em relação aos demais. José, um adolescente, apenas curtiu presente e gostava de exibir-se em todo lugar que ia com aquela veste, que só ele tinha. Como aquilo produziu nos irmãos um sentimento de rejeição, ódio e desprezo, que mais tarde virou tragédia. Em relação a brincadeiras de mal gosto, costumo dizer, que qualquer brincadeira que não produza satisfação ou que ofenda, ela não tem graça. Qualquer traço em minha vida que afaste as pessoas de mim e especialmente de Deus e das coisas boas, não é legal. Os irmãos já não viam mais um irmão, um menino, mas uma túnica colorida, e ela simbolizava apenas rejeição e preferencia paternal por um em detrimento dos demais. As habilidades dos filhos, dos irmãos na igreja, são bênçãos de Deus, mas elas não podem servir para preterir ninguém. Mais para frente vamos meditar baseados na vida de José, e sabemos que ele ficou conhecido e deixou seu nome na história por outras qualidades, não pela roupa que vestia. Mas, e quando a pessoa não se importa em mudar e crescer para deixar outras marcas? Ainda bem que a Túnica de várias cores, foi apenas um presente que o pai lhe deu, não foi Deus, nem fazia parte das características do caráter dele. Como era algo humano e material, na tentativa de destruir José, só a capa se perdeu, rasgada e suja, levada enganosamente como prova para o pai, de que tudo havia acabado.

Senhor, queremos pedir sabedoria para lidarmos com o nosso testemunho, para que não coloquemos as nossas marcas, as nossas preferencias onde o teu nome e a tua gloria devem aparecer. Nossos filhos, são herança do Senhor e nos foram confiados para serem preparados para assumirem o lugar que lhes é devido no propósito eterno que tens para cada um deles. Nossos dons e talentos espirituais nos foram dados para fazermos a obra do Senhor e sermos embaixadores do Reino. Precisamos de fidelidade e maturidade para não usurparmos o que não é nosso e nem deve estar conosco. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s