Jacó Abençoa a Faraó

Meditação do dia: 26/12/2019

 “E trouxe José a Jacó, seu pai, e o apresentou a Faraó; e Jacó abençoou a Faraó.” (Gn 47.7)

Jacó Abençoa a Faraó – Quem é maior do que quem? Não é incrível que as pessoas gostam tanto de descobrir quem é maior, quem manda mais, quem tem mais poder, mais domínio, mais seguidores… a busca pela grandeza, merecia, cobiçada, justa ou injusta, na base da força ou herdada, está incrustrada no íntimo do ser humano. Faz parte das vaidades da alma. Ao ver esse verso, me ocorreu logo um outro, escrito muitos anos depois, pelo rei Salomão, um dos herdeiros da promessas de Deus à Abraão, Isaque e Jacó. ele escreveu o seguinte: Viste o homem diligente na sua obra? Perante reis será posto; não permanecerá entre os de posição inferior (Pv 22.29).  Jacó foi diligente na sua obra, ele trabalhou muito por sua família com base nas promessas de Deus e confiou que as coisas iriam se alinhar para viessem a ser uma nação, que abençoaria a todas as famílias da terra. Mas ele nunca buscou o poder pelo poder e nem ambicionava se tornar rei, imperador ou coisa parecida. Sua busca e sua dedicação era para seus filhos andassem nos caminhos da fé e da obediência e no devido tempo as profecias se tornariam realidades e os reis apareceriam na família. Os sonhos de José que ele estudou e guardou no coração eram mais do que realidade, pois ele mesmo, em vida, estava agora, no Egito, o maior império do seu tempo, sendo recebido na corte de faraó, que deseja conhece-lo e dar-lhe as boas vindas e apoiar sua permanência, disponibilizando o melhor do império para ele. Olhemos bem o contexto, e como Deus é poderoso para transformar situações difíceis e até aquelas tidas como improváveis, em cenas reais, em questão de horas. A bem pouco tempo, Jacó estava em Canaã, com o coração apertado por tres filhos, um desaparecido e dado como morto; um retido como prisioneiro no Egito e outro sendo levado para servir de garantia e libertar o segundo. Ele tinha dinheiro, bens e recursos, mas que pouco lhe valiam, porque a seca era muito severa e não havia mantimentos suficientes para todos. Precisava fazer longas jornadas mercantis através dos filhos para sobreviverem. Em seguida, o encontramos no Egito, à convite do governador do pais, com patrocínio para a viagem com todos os direitos e mordomias que faraó podia oferecer. Reencontra o filho desaparecido, que estava vivo, saudável e muito bem situado na corte de faraó e que agora estava bancando tudo para toda a família. Ele está sendo recebido em audiência festiva pelo faraó, com direito de entrada e saída e todas as garantias quem jamais poderia imaginar poder alcançar. Deus reverteu toda a situação e o colocou agora em condições de orar e abençoar a faraó. Quem está pronto para sair do anonimato e entrar num palácio e exercer seu ministério sacerdotal para abençoar quem pode muito e está investido de muita autoridade? Precisamos estar prontos para o próximo lugar onde Deus pretende nos colocar. Onde estamos, já estamos e já realizamos coisas aqui. Mas há estágios maiores e superiores, que precisam ser ocupados por pessoas que podem fazer a diferença. Não se deve pensar em termos de merecimento, se mereço ou não estar nessa posição; trata-se de estar no lugar e no tempo que Deus pretenda que estejamos para cumprir um papel que é necessário e para o qual ele vem trabalhando nos últimos tempos para nos deixar em condições. Ninguém é chamado para servir e fazer apenas o que gosta, o que quer ou o que lhe produza satisfação própria. É preciso pensar em Soberana Vocação! Talvez só iremos comparecer diante do rei uma única vez e ter uma única audiência. Então tudo o que precisamos é de uma única oportunidade. Provavelmente, em muitas situações, só tenhamos uma única oportunidade, e ela não pode ser desperdiçada ou perdida e pior ainda, estragada por incompetência e ineficiência. Jamais.

Pai, obrigado pelas oportunidades. Em algumas situações, só teremos uma única, e é tudo que nos será dado. Precisamos estar prontos, preparados e cientes da nossa responsabilidade. Agradecemos em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s