Onde Eles Apascentam

Meditação do dia: 01/07/2020

 “E ele disse: Procuro meus irmãos; dize-me, peço-te, onde eles apascentam.” (Gn 37.16)

Onde Eles Apascentam – Onde naturalmente responde a perguntas sobre lugares, mas também pode servir para respostas sobre condições e situações. Uma das regras da verdadeira interpretação de textos, não só bíblicos, é a regra que diz que o intérprete precisa olhar e ver o texto pela ótica do autor; quando se consegue entender pelo ponto de vista de quem escreveu, isto é, entrar na mente do autor e pensar como ele pensou e ver como ele via, então chegamos a verdadeira interpretação. Isso pode ser aplicado por nós tanto para a autoria humana quanto para a divina, em relação aos textos sagrados. As verdades e princípios que Deus deseja transmitir a nós e a quem se interessar, estão contidos nos contextos das histórias e experiencias das pessoas que tem a narrativa nos registros sagrados. Aqui, estamos acompanhando a vida de José, o filho de Jacó/Israel e por mais que queiramos dizer que as ações só começaram mais tarde, com o encontro dele com os irmãos e a sequencia no Egito e até o final; na verdade, toda história de fato tem seu início nos propósitos eternos de Deus. Se dissociarmos uma coisa da outra estaremos mutilando o entendimento verdadeiro. Se alguém pela primeira ler essa meditação e tomar conhecimento da minha existência, justamente nesse primeiro dia de Julho de dois e vinte, não significa que passei a existir hoje; para essa pessoa se inteirar de tudo ela terá que retroceder nas pesquisas sobre minha história, que já conta mais de sessenta anos, embora a maioria dos acontecimentos não venha a lhe interessar, mas eles existem e são o meu contexto de vida e foi a soma de tudo isso que fez o pastor Jason ser o que é hoje, como todos os erros e acertos, virtudes e defeitos. Para nós que estamos agora no encalço de José, também o todo de sua existência até agora com dezessete anos, é parte do todo no qual Deus está construindo algo maravilhoso. Literalmente e na sua jornada, ele está indo de encontro aos seus irmãos, quando na verdade está indo ao encontro de sua história de sucesso e isso é um passo na construção de seu treinamento. Onde os seus irmãos apascentam é o seu destino atual e alguém precisa lhe dar novas instruções, porque as coisas mudaram desde a ordem que seu pai lhe dera. Por que mudaram? Por que as coisas mudam constantemente e somos apanhados no meio de um desenrolar de fatos? Podemos perceber tanto lá quanto cá, que o controle das ações nem sempre, quase nunca ou definitivamente não está em nossas mãos. Não temos o controle da história, Deus sim. Os irmãos de José mudaram de lugar, porque estando no comando do pastoreio dos rebanhos eles precisavam se locomover ao encontro do suprimento das necessidades do rebanho, não deles próprios. Quem se ocupa de uma responsabilidade como pastorear a sua vida tem que estar flexível às demandas do rebanho; são suas necessidades que produz as ações e em função delas que se pratica o verdadeiro apascentamento. Onde os irmãos de José apascentavam, era onde precisavam estar e deveriam ser ativos, criativos e desapegados ao próprio conforto, favorecimento e privilégios. Se as coisas mudaram no entorno de sua caminhada e ministério para Deus, não se estresse e nem se desgaste por isso além do necessário pelo próprio trabalho; o Senhor de tudo e de todas as coisas, sempre terá um homem para passar a informação correta sobre o algo novo que se apresenta. “Certamente o SENHOR Soberano não faz coisa alguma sem revelar o seu plano aos seus servos, os profetas (Am 3.7). Deus não tem obrigação de ficar dando explicações, afinal ele é soberano; mas se trata dele ser também um Pai, alguém generoso, misericordioso, benigno e compassivo para com todos os seus filhos. Deus sabe como ninguém desenvolver os papeis que lhe cabe; como Senhor ele determina as atividades e provê todos os meios e recursos para a consecução das tarefas. É função do senhor prover os seus servos e ao mesmo tempo é função dos servos confiarem na capacidade do seu senhor. Onde apascentam nossos irmãos, onde devemos ir procurar e onde teremos as respostas e as soluções está ligado à obediência e a aprender a exercer a obediência e seguir instruções. Ande em fé e pela fé!

Senhor Deus e Pai, obrigado por saberes exatamente onde é o campo de trabalho que devemos encontrar nosso lugar e realizar nossa missão. Queremos consagrar a Ti as nossas vidas um exercício legítimo de fé e obediência à tua vontade e realizarmos a nossa parte da tarefa no Reino e produzir edificação e crescimento na igreja nesse novo mês e semestre que iniciamos hoje. Abençoamos nossos trabalhos e responsabilidades que nos cabem a cada dia. Oramos em fé, em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s