Pergunta Retórica ou Homem de Caráter?

Meditação do dia: 13/08/2020

Ninguém há maior do que eu nesta casa, e nenhuma coisa me vedou, senão a ti, porquanto tu és sua mulher; como pois faria eu tamanha maldade, e pecaria contra Deus?(Gn 39.8)

Pergunta Retórica ou Homem de Caráter? – Para meus dois leitores mais assíduos (uma terceira está suspensa por disciplina jasoniana), pergunta retórica é uma figura de linguagem, uma forma de expressar através de uma pergunta, que não precisa ou se espera ser respondida, porque a forma da pergunta já é a resposta sabida e esperada. Encontramos em toda literatura, e a Bíblia é literatura por excelência, bons leitores das Sagradas Escrituras, adquirem bom conhecimento geral em história, geografia, cartografia, ciências, matemática, física, química, povos e culturas antigas, política governamental, ciências sociais, arquitetura, saúde, natureza, navegação, siderurgia, administração e a fila vai virar a página e dobrar quarteirões e como disse João: Há, porém, ainda muitas outras coisas que Jesus fez; e se cada uma das quais fosse escrita, cuido que nem ainda o mundo todo poderia conter os livros que se escrevessem. Amém (Jo 21.25). Olha que ele está se referindo somente a sinais e milagres operados por Jesus em três anos e meio de ministério. Dá-se também o desconto de que na época dele os livros eram bem maiores e mais difíceis de produzir e manusear. Temos vantagens na tecnologia moderna. Salomão, que era de longe mais bem preparado academicamente que João, também deixou sua contribuição: E, demais disto, filho meu, atenta: não há limite para fazer livros, e o muito estudar é enfado da carne (Ec 12.12). Os editores concordam com o rei na primeira parte do versículo e os estudantes do Enen e vestibular concordam mais com a segunda parte. Voltando ao centro da nossa real intenção, que é meditar para edificação e aprendizado na comunhão com a fé e a bênção de Deus, observando intencionalmente a vida e a conduta de José, diante de momentos tão difíceis. Não se pode meditar, ler ou interpretar um texto antigo, com a cabeça e a mentalidade atual, de como os fatos relatados, num contexto atual tomaria outros contornos. Textos antigos, lê-se e entende com a visão de quem estava presente naquele mundo e naquele contexto. Se não, muitos já teriam ido a STF (Supremo Tribunal Faraônico), via Sindicato dos Trabalhadores e Serviçais de Mordomia e Administração; apresentando queixa crime de assédio moral e sexual e bullyng, além de abuso de poder da senhor Potifar. Mas não é assim que a banda toca e nem tocava na época. José era um servo, escravo comprado e o único direito que ele possuía era o de não ter direito nenhum. Era uma mercadoria, um bem adquirido de uso pessoal e que poderia ser vendido, doado, morto e destruído, segundo a conveniência do proprietário, sem ter que prestar contas a ninguém. Lembrando, que anos mais tarde, quando os hebreus se tornaram uma nação, receberam as Leis de Deus, dadas por Moisés, a constituição deles, havia legislação sobre a posse e o tratamento mais humano e valores importantes no sistema de servos e escravos em posse dos israelitas. como pois faria eu tamanha maldade, e pecaria contra Deus?” Subentende-se que a mulher sabia da sua fé, da sua conduta e que estava ciente de como ele via aquele proposta dela. Ela já sabia que ele considerava uma maldade contra a amizade e confiança que o senhor lhe devotava; seria um pecado contra Deus, que ele servia e adorava. Ele não conhecia os dez mandamentos, nem havia lido os escritos de Paulo ou os Evangelhos com o ensinamento de Jesus. Mas ele conhecia a Deus e sabia do valor da reverencia. Se fosse mal caráter, ele tinha todos os álibis que se pode imaginar; apresentar todas as desculpas de como a carne era fraca, a saudade de casa, o momento de carência afetiva, o medo de perder o posto, ou que ela era demais… e insistiu tanto que ele …. quando viu já tinha acontecido! Fecho com uma frase que alguém me disse um dia: “Um pessoa vale tanto quanto a sua palavra!”

Senhor, segundo a tua infinita bondade e misericórdia, obrigado por nos assistir todos os dias e nos ajudar a permanecer de pé e fazer a escolha, de permanecer de pé, mais hoje! Amanhã será um novo dia e a suas misericórdias serão renovadas a cada manhã. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s