Num Certo Dia

Meditação do dia: 14/08/2020

Sucedeu num certo dia que ele veio à casa para fazer seu serviço; e nenhum dos da casa estava ali;(Gn 39.11)

Num Certo Dia – “São necessários doze doidos para dar um incutido!” Isso é é o que reza a sabedoria popular no Centro-Oeste brasileiro, onde fui criado. Quando uma pessoa “incute,” fica obcecado por alguma coisa, ela não descansa até conseguir seus objetivos ou ser barrada em definitivo. Todos sabemos da força da obsessão; e ninguém me convence do contrário em relação a essa senhora, que colocou José no seu radar e passou a arquitetar planos para uma caçada que se tornou um dos pontos de transição de uma nova fase na vida dele. Para José e para alguns pessoas cristãs, as coisas nunca são fáceis e nunca acontecem das maneiras mais usuais como com todos os demais. Com ele parecia que tudo acontecia na força bruta, ninguém lhe pedia licença, ninguém falava “por favor”, com ele o jogo era sempre bruto. Quando observei o texto para hoje, confesso que na primeira leitura, minha imaginação já ligou esse texto com o início do livro de Jó. E num dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o Senhor, veio também Satanás entre eles (Jó 1.6). Dia de reunião da diretoria, todos os líderes de departamentos e autarquias celestiais, na sala de reunião com o Senhor – olha quem apareceu sem agendar e nem pediu permissão para adentrar à sala? Ele mesmo, o CEO dos Quintos dos Infernos. Quando lemos o Livro de Jó, até parece que isso é uma excepcionalidade, mas ao longo da caminhada de crescimento espiritual e os treinamentos que Deus nos proporciona, vamos aprendendo mais e mais e nos são fornecidos treinamentos, armas e armaduras. Por que será? Porque o inimigo é real, a luta é real, os perigos e armações são reais. Não importa se você acredita ou não; se prontifique a batalhar ou não; existe uma guerra desde a eternidade quando houve essa rebelião contra Deus e de lá para cá, são dois lados – a luz e as trevas, o bem e o mal. Embora Deus lute e conforme seu caráter, ele o faz com princípios e regras; o outro lado é sujo e trapaceador, nada confiável. Não se faz acordo e nem se assina tratado de paz com Satanás e espera-se que ele siga as convenções e honre sua palavra. Se fizesse isso, não seria quem é. E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz(2 Co 11.14). Aos cristãos de Éfeso, Paulo foi bem claro: Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo. Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais. Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos (Ef 6.11,12,18,). Para se tornar alvo e ser atacado, é somente pertencer a Deus ou estar se aproximando de Deus. Mas, não  é para ficar em pânico, e se sentir ameaçado. “Porque, andando na carne, não militamos segundo a carne. Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas sim poderosas em Deus para destruição das fortalezas; Destruindo os conselhos, e toda a altivez que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo o entendimento à obediência de Cristo(2 Co 10.3-5). Lembrete: Ter armas boas e poderosas e não saber operá-las pode se colocar em risco, tanto quanto se tais armas estivesse do outro lado. Aquilo tudo que estava para acontecer na casa de Potifar, já estava tramado e planejado no mundo espiritual e as hostes estavam posicionadas bem antes de José chegar ali para fazer seu serviço. Isso se repete no mundo inteiro, com muita gente todos os dias. Nem é motivo de espanto. “Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar; Ao qual resisti firmes na fé, sabendo que as mesmas aflições se cumprem entre os vossos irmãos no mundo (1 Pe 5.8,9). Deus nos concederá graça e sabedoria e cada cristão deve se revestir do poder do Espírito Santo, lançar mão das armaduras espirituais e ser vigilantes e pedir discernimento, pois existe dons espirituais que municiam a igreja para isto. A cada dia vamos rompendo em fé.

Senhor, obrigado pela luta e pela vitória de cada dia, guarda os teus valentes que estão em frentes de combate pela verdade do Evangelho e pelo resgate de vidas preciosos. Guarda nossas famílias e conceda acesso aos meios de livramento e vitória. Obrigado em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s