O Que Deus Há De Fazer

Meditação do dia: 23/10/2020

Esta é a palavra que tenho dito a Faraó; o que Deus há de fazer, mostrou-o a Faraó.(Gn 41.28)

O Que Deus Há De Fazer – Gerson, esse é o nome do pastor, ex-aluno de Betânia do Paraná, como dizemos hoje politicamente correto, um afro-brasileiro legítimo, grande em estatura e muito bem humorado, divertido, muito comunicativo e de boa oratória à brasileira, sem rebuscamentos homiléticos e sermões quadradinhos, mas cortante, penetrante que nos fazia rir ao mesmo tempo que interiormente a gente contorcia com os apertos que o Espírito Santo produzia através da Palavra de Deus. Ele era então líder da Base de Jocum em Belém do Pará. Estava ele visitando o Seminário e ministrou para nós, que já o admirávamos porque era precedido pelos bons frutos ministeriais. Sua capacidade de imprimir ensino sobre o caráter de Deus em termos de senhorio sobre nós e nós circunstancias, deixou marcas indeléveis na minha vida. Por isso, faço essa simples homenagem, relembrando essa pessoa honrando seu ministério e sua intimidade com Deus. É exatamente assim, que imagino Faraó, rendido, completamente absorvido pela simplicidade e espiritualidade de José, bem ali diante dele; tal era o clima,  que as reverencias e protocolos palacianos de procedimentos diante do soberano do Nilo, ficaram de lado; eles não eram importantes e nem mesmo o Faraó estava ligando para isso; havia coisas mais importantes e que de fato faziam sentido. José falava de Deus e de sua comunicação de intenções sobre o que iria fazer, que nem o homem mais orgulhoso e protocolar do antigo Egito se sentiu ofendido ou invadido nos seus direitos e autoridade. As palavras de José eram firmes e certeiras, fiéis como de um embaixador comprometido com a soberania de sua representação: … o que Deus há de fazer, mostrou-o a Faraó. É Deus no exercício de sua soberania, ele não precisa pedir licença para fazer alguma coisa, é não pede! Ele governa soberanamente! Aplico conceitos bíblicos em diversas situações reais, como as palavras do Apóstolo São Paulo aos Coríntios, ao dizer que “as más conversações corrompem os bons costumes” (I Co 15.33). Aqui estou me referindo sobre as muitas conversas moles sobre democracia, ou o governo do povo; sabemos que a democracia prega em teoria a igualdade de direitos e deveres entre os cidadãos; mas na prática é pura manipulação em benefício de quem está no poder dado pelo povo e não isso, mas todos são iguais, porém há alguns mais iguais que os outros. Minha opinião pessoal – A democracia é o melhor sistema criado pelo ser humano; ainda não se viu nada melhor; Mas é o “melhor criado pela genialidade humana!” Deus não é democrata, não tá nem aí e não coloca nenhuma de suas decisões em discussão e nem pede para votar para decidir. Deus governa pelo sistema de responsabilidade pessoal. Cada escolha produz consequências, e TODOS, tem liberdade de escolher, mas não as consequências de suas escolhas. Ele é soberano sobre tudo e sobre todos. Lembremos, por exemplo: Os céus e a terra tomo hoje por testemunhas contra vós, de que te tenho proposto a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe pois a vida, para que vivas, tu e a tua descendência (Dt 30.19). Outro bom exemplo é Paulo pregando aos gregos em Atenas: Mas Deus, não tendo em conta os tempos da ignorância, anuncia agora a todos os homens, e em todo o lugar, que se arrependam; Porquanto tem determinado um dia em que com justiça há de julgar o mundo, por meio do homem que destinou; e disso deu certeza a todos, ressuscitando-o dentre os mortos (At 17.30,31). Gostaria de fechar os argumentos em favor de Deus, citando a soberania de Jesus, atual e futura por toda a eternidade.Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome; Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai (Fp 2.9-11). Olho José como o embaixador do Reino de Deus apresentando suas credencias diante de Faraó. Embaixador não tem mensagem própria, nem opinião pessoal, ele fala em nome do seu governo. Ele não diz “eu penso, eu acho, na minha opinião…” Ele diz em tom firme e sereno: “O nosso governo diz, nosso país afirma… a posição do governo é…” Não podemos deixar de lembrar que somos comissionados embaixadores para falar em nome de Cristo, para a reconciliação do mundo com Deus. “Isto é, Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não lhes imputando os seus pecados; e pôs em nós a palavra da reconciliação. De sorte que somos embaixadores da parte de Cristo, como se Deus por nós rogasse. Rogamo-vos, pois, da parte de Cristo, que vos reconcilieis com Deus (2 Co 5.19,20).

Pai, graças te rendemos e louvamos o teu nome por ser Senhor e Soberano sobre tudo e sobre todos e governar com habilidade e justiça; abençoando e cuidado de todas as necessidades em todos os níveis para o bem de todos. Queremos aprender com a tua maneira de ser e fazermos nosso papel como embaixadores de teu Reino, que profeticamente sabemos que será estabelecido de forma visível e palpável através de Cristo, reinando sobre todas as nações e povos e haverá paz e prosperidade como nunca se viu. Obrigado pelo convite e o acesso à todas as tuas promessas no Evangelho de Jesus Cristo. Oramos cheios de fé e esperança, de que verdadeiramente dias melhores estão à nossa frente. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s