Não Ver a Face

Meditação do dia: 07/02/2021
“Mas Judá respondeu-lhe, dizendo: Fortemente nos protestou aquele homem, dizendo: Não vereis a minha face, se o vosso irmão não vier convosco.” (Gn 43.3)
Não Ver a Face – Deus é espírito e como tal, não tem corpo ou forma física como os humanos. Atribuímos qualidades e caraterísticas humanas a Deus, para melhor compreensão no relacionamento. Isso é chamado “Antropomorfismo.” É uma linguagem humana, por isso mesmo está registrado nas Escrituras Sagradas, porque elas foram nos dada exatamente para conhecermos a Deus e nos relacionarmos com ele. É assim, que lemos sobre as mãos de Deus, os braços de Deus, os olhos de Deus, a face de Deus e etc. Todas essas citações constantes na Palavra de Deus está atribuída a uma manifestação em favor do seu povo ou das pessoas. Tal qual observar a face de uma pessoa com quem estamos tratando, nos permite conhecer e perceber suas reações e respostas aos fatos acontecendo ali, também atribuímos isso a Deus. Agradar a Deus é expresso como contemplar sua face que demonstra favor e graça para conosco. Nesse sentido, as ações de culto a Deus visam sempre contemplar e atrair sua graça e bondade para com os adoradores, que se apresentam reverentes, quebrantados e desejosos de lhe agradar. Quando a adoração ou o serviço é de caráter interesseiro, ou uma busca por colher bênçãos divinas sem valorizar a comunhão e apreciação da vontade dele, dizemos que se está mais interessado nas mãos de Deus do que na sua face. Nessa situação em que os filhos de Jacó, foram advertidos pelo governador do Egito, de que eles não veriam a sua face, caso não trouxessem a Benjamim, o irmão mais novo deles, podemos ver aqui uma boa aplicação figurada, sobre a comunhão cristã. O apóstolo São João na sua primeira carta, fala sobre o equívoco de certas pessoas cometem ao pensarem que podem cultivar uma comunhão de alto nível com Deus ao mesmo tempo que cultiva ódio e desprezo pelos seus semelhantes. Ele a firma que uma coisa anula a outra e é um grande engano, com prejuízos enormes para a fé. “E esta é a mensagem que dele ouvimos, e vos anunciamos: que Deus é luz, e não há nele trevas nenhumas.
Se dissermos que temos comunhão com ele, e andarmos em trevas, mentimos, e não praticamos a verdade.
Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado.” (1 Jo 1.5-7). Nessa alegoria José ensina-nos que para ver a face de Deus, precisamos chegar a ele trazendo nossos irmãos, sem a comunhão com os irmãos não haverá comunhão com Deus. Alguns chamam de aspectos verticais e horizontais da comunhão, como se formasse uma cruz; na vertical é o nosso relacionamento com Deus e na horizontal, o nosso relacionamento com o próximo. É de fato, uma bela aplicação. Vamos orar!? Senhor, obrigado pelo privilégio da amizade e da comunhão espiritual do ser humano com o seu Criador, o nosso Deus Todo-Poderoso. Por tua graça podemos também sermos aceitos na família ampliada que é a igreja e assim formamos o Corpo místico de Cristo aqui na terra. Nele podemos servir ao Senhor e servirmos ao próximo, expressando amor e solidariedade. Agradecemos por tudo isso, em nome de Jesus Cristo o seu amado filho e nosso Senhor. amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s