Criamos Um Monstro

Meditação do dia: 04/04/2021

E veio Judá com os seus irmãos à casa de José, porque ele ainda estava ali; e prostraram-se diante dele em terra.(Gn 44.14)

Criamos Um Monstro – Muitos caciques e poucos índios – é uma expressão que utilizamos para dizer quando tem muita gente dando ordem e querendo liderar e poucas pessoas para fazerem o trabalho. Os filhos de Jacó eram doze, e certamente alguém seria o líder de todos eles. Isaque não teve concorrentes e nem Jacó, pois apesar de ter um irmão, esse não optou por andar nos termos da aliança com Deus e Jacó passou grande parte de sua vida, longe da casa paterna e teve que liderar seu próprio clã. Agora os seus filhos teriam que tomar iniciativas porque ainda que a longevidade do pai fosse evidente, um dia ele deixaria de estar com eles. Voltando nossa atenção ao início de toda essa história, no último encontro entre esses irmãos, vinte e dois anos atrás, Ruben liderou a idéia de não fazerem mal à José e enviá-lo de volta ao pai, mas foi traído pelos irmãos que não respeitaram o momento em que ausentou-se. Judá apareceu com a liderança para venderem José e não o matarem, mas também não o devolverem para casa. Uma das últimas oportunidades de se verem, José estava numa cova e vendo seus irmãos de baixo para cima, ele apavorado e eles sarcásticos com risos por fazerem uma ação de livramento. A vida deu suas voltas e aqui estão de novo juntos, com Benjamim como testemunha. Eles apavorados, desesperados vendo José de baixo para cima. José esteve nas mãos deles e não recebeu compaixão e livramento. Agora a cena é de onze homens prostrados literal e figuradamente, sabendo que não podem receber misericórdia. Quero fazer aqui uma aplicação: Criamos situações pensando no imediatismo que nos satisfaz e nem queremos pensar nas consequências. Criamos, mas não gostamos do que irá aparecer. Eles enviaram José para o Egito para se livrarem dele – agora estão diante do egípcio que criaram e não podem nada contra ele. A diferença básica entre a cena de José na cova e eles em cima e agora eles prostrados e José ali, de pé, é o caráter – a essência do que havia dentro de cada um deles. Na primeira vez, Benjamim não estava presente e não sabia até hoje qual era o verdadeiro caráter de seus irmãos; eles também fizeram tudo aquilo longe dos olhos de Benjamim e o mantiveram longe da possibilidade de descobrir quem eles eram, mas isso também os levou a pensar que não conheciam o irmão mais novo, pois ele pode ter furtado o copo do governador, enganando a todos e colocando tudo à perder. A situação criada por José, expôs todos diante de todos. Warren Buffett, considerado o maior investidor de todos os tempos, hoje, um velhinho sábio da pequena cidade de Omaha, Nebraska, diz que “é quando a maré baixa que se descobre quem está nadando pelado.” Ele se refere a investidores descuidados que se expõe a riscos exagerados pela ambição e na adversidade do mercado são expostos e sofrem prejuízos muito grandes. Isso pode ser visto como verdade também para as decisões morais na vida. Fazer o mal ou o errado, certo de que nunca será descoberto e ou que as consequências não virão. Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará. Porque o que semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção; mas o que semeia no Espírito, do Espírito ceifará a vida eterna (Gl 6.7,8).

Pai, graças te damos hoje, por tua infinita bondade e misericórdia para conosco. Em muitas situações agimos conscientes de que estamos fazendo o certo e na verdade não temos uma visão do todo e cometemos erros, injustiças e pecados. Produzimos mais destruição do que edificação e expomos a nós mesmos ao perigo e atingimos pessoas boas e piedosas que sofrem pelas decisões erradas que como líderes nós tomamos. Pedimos hoje a sabedoria para sermos comedidos e dependentes do teu Espírito Santo, para sermos verdadeiramente bênçãos e alegrias para todos à nossa volta. Oramos em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s