Trocando de Lugar

Meditação do dia: 24/04/2021

“Agora, pois, fique teu servo em lugar deste moço por escravo de meu senhor, e que suba o moço com os seus irmãos.” (Gn 44.33)

Trocando de Lugar – É muito recompensador descobrir ou perceber os aspectos que revelam a obra da redenção, distribuídas por toda a Palavra de Deus, especialmente no Antigo Testamento. O maior plano de todos os tempos, de maior abrangência e disponível e com acesso a todos e a qualquer um, chama-se Plano da Redenção. Deus o fez, o estabeleceu e confirmou, revelando passo a passo ao longo da história do seu povo e a cada passo que se aproximava mais, maiores e mais completos detalhes iam sendo revelados através dos santos profetas e das histórias de pessoas preparadas por Deus. Já me referi em textos anteriores sobre a existência de “um fio vermelho” que liga o Jardim do Éden, desde o momento da queda do homem, até o outro Jardim, o do Getsemani, nos arredores de Jerusalém, quando Jesus em agonia, sozinho, porque os seus discípulos dormiram enquanto vigiavam, ele renunciou sua vontade para cumprir o designio de Deus e consumar a obra da redenção, como sacerdote e vítima num mesmo ato, tendo como cenário, a cruz, cravado no alto do Monte Calvário. Tudo que a humanidade havia perdido na escolha egoísta de Adão, agora foi recuperada no renuncia de Cristo. Adão rejeitou o projeto de Deus e abraçou sua vontade; no Getsêmani, Jesus, orou ao Pai, “E, indo um pouco mais para diante, prostrou-se sobre o seu rosto, orando e dizendo: Meu Pai, se é possível, passe de mim este cálice; todavia, não seja como eu quero, mas como tu queres” (Mt 26.39). Não há nada comparável na história humana! Nem perto disso, alguém fez qualquer movimento para resgatar quem quer que seja. “Porque Cristo, estando nós ainda fracos, morreu a seu tempo pelos ímpios. Porque apenas alguém morrerá por um justo; pois poderá ser que pelo bom alguém ouse morrer. Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores” (Rm 5.6-8). Esta maravilhosa história estava sendo ilustrada em figura na ação dos filhos de Jacó, ali no pátio da casa do Governador do Egito. Os pecados eram já conhecidos e reconhecidos, as culpas estavam determinadas e a sentença de cativeiro e escravidão antes predita, se confirmara. Os pecados imputados à Benjamim, seriam irremediavelmente executados, quando Judá se oferece voluntariamente para substituir o irmão condenado e devolvê-lo em plenas condições ao pai. Além da alegoria de Judá se importar com a condição do irmão, de seu pai, que seria ultrajado por perder seus filhos por causa de seus comportamentos, a oferta de um substituto justo no lugar de um pecador, não passa despercebido. Por outro lado, o governador do Egito, que buscava confirmações, viu que eles tinham conseguido mudanças significativas em suas vidas, mas elas não eram evidentes, porque nunca foram exigidos ao extremo, para externar o que poderiam fazer um pelo outro. José foi um instrumento de Deus, usado em plena sabedoria e pulso firme, abrindo mão do seu direito de até se revelar como o irmão desaparecido, mas o fez para o bem de todos. Hoje, não podemos mais sacrificar-nos para produzir salvação, porque a obra de Cristo não exige ou aceita reparos e remendos, porque é boa, perfeita e completa para sempre. O que ficou a nível de vida cristã, é a possibilidade de abençoar as pessoas, ainda que com sacrifício de amor e cuidado, sem que isso traga méritos pessoais. “Conhecemos o amor nisto: que ele deu a sua vida por nós, e nós devemos dar a vida pelos irmãos” (I Jo 3.16).

Bendito seja o Deus e Pai de Nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai de Misericórdias e Deus de toda a nossa salvação. Obrigado pela obra perfeita de Cristo na cruz. Somos os carentes e necessitados que alcançados por imensa graça e bondade somos aceitos e salvos por teu amor. Obrigado Jesus, por dar sua vida santa e preciosa em redenção da nossa vida perdida e destruída pelos nossos pecados e assim, o justo se deu pelos pecadores para nos dar acesso ao trono da graça. Obrigado Espírito Santo por nos trazer o conhecimento e a iluminação que produz vida. Confessamos e admitimos nossas culpas e aceitamos por graça e na fé o teu plano completo e perfeito; em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s