Se Dando a Conhecer

Meditação do dia: 28/04/2021

“Então José não se podia conter diante de todos os que estavam com ele; e clamou: Fazei sair daqui a todo o homem; e ninguém ficou com ele, quando José se deu a conhecer a seus irmãos.” (Gn 45.1)

Se Dando a Conhecer – Desde que alguém disse “conheça-te a ti mesmo,” todos passaram a se perguntarem se de fato nos conhecemos mesmos; me surpreendo comigo mesmo e com algumas erupções que aparecem sei lá de onde, ou sei? Mas a verdade é que devido a nossa procedência transcendental, criados à imagem e semelhança do Criador, que infinito, Todo Poderoso e algo mais, trazemos a eternidade dentro de nós e sabemos muito que não sabemos nada, incluindo a nós mesmos. O pecado conspurcou mais do que nossa vã vaidade admite. Mas graças ao projeto de redenção, alimentamos a viva esperança de voltarmos ao original e sermos tudo aquilo que foi planejado e feito por Deus. Alguns dos nossos ilustres pregadores embora divirjam sobre a autentica acepção da verdade pregada pelo profeta Jeremias, sobre o coração humano, concordam que o mistério existe e as possibilidades que deparamos no dia a dia atestam isso. “Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá?(Jr 17.9). Me referi sobre as posições que alguns afirmam que apenas um coração não regenerado é de fato enganoso e impossível de ser conhecido. Já o coração de alguém nascido de novo não está nesta mesma condição. Claro, tenho minhas convicções sobre isso, mas preciso respeitosamente acolher o direito ao contraditório e o livre exercício de pensar de cada um. Quero, porém, entrar por uma senda muito interessante, sobre o tema, que para mim expressa muito a coerência da graça de Deus através da obra de Cristo na vida humana e muito bem aplicada pelo Espírito Santo através dos ensinos das Sagradas Escrituras. Examinemos, portanto, os escritos de Paulo na segunda Carta aos Coríntios, quando ele afirma “Assim que daqui por diante a ninguém conhecemos segundo a carne, e, ainda que também tenhamos conhecido Cristo segundo a carne, contudo agora já não o conhecemos deste modo” (2 Co 5.16). O Apóstolo fala sobre conhecer segundo a carne e conhecer de outro modo; o pressuposto bíblico paulino é de “carne contra espírito” – o modo natural e o modo espiritual das implicações da vida. Conhecer alguém segundo a carne pode ser simplificado para efeito de entendimento, como obter informações sobre – em se tratando de Jesus, o tanto de informações disponíveis sobre ele é imensamente vasta e qualquer pessoa pode acessar; mas esse tipo de conhecimento não é redentor, ou seja, não leva ninguém a experimentar o que Jesus veio fazer e fez pela humanidade e ordenou que se pregasse no mundo inteiro e fizesse discípulos seus para conhecerem toda a sua obra e graça. Esse saber intelectual, é esclarecedor, enriquece a vida de quem o tem, mas não acessa à vida eterna, pela qual Cristo morreu e ressuscitou. Costumo brincar com meu auditório na igreja ao dizer que pelo fato de alguém dormir na garagem, não vai transformá-lo em um carro; assim como frequentar uma igreja não torna ninguém em um cristão. Lá naquela reunião na casa do governador do Egito, chegara o momento da grande revelação, quando José se revelou a seus irmãos. Imagino ele dizendo a eles, quem era e simultaneamente retirando aquela peruca característica dos egípcios e se livrando das joias e enfeites que o descaracterizam para os irmãos, para facilitar o reconhecimento. “Eu sou José!” aqueles rapazes estavam com suas mentes e corações ocupados por demais com suas preocupações da justiça, na iminência de se verem presos, escravizados ou ambas as coisas, pois depois explicação de Judá, o homem forte teve um surto e despachou todo mundo da sala. Qualquer coisa que ele estava para fazer, certamente seria muito sério, o suficiente para exigir tal privacidade. Olhando esse quadro, comparando a experiencia deles com as nossas em termos de fé e encontros com Deus, percebemos que tal qual eles, são as nossas próprias preocupações e questões do nosso dia a dia que também nos limita de reconhecer o quanto antes o agir de Deus, o mover do Espírito Santo e a compreensão de verdades reveladas na sua Palavra.

Senhor, obrigado por nos amar tanto e não desistir nunca de nenhum de nós. somos de fato carentes da tua graça e misericórdia, que reconhecemos estar oferecidas em Cristo Jesus e acessível pela fé, como ensina a tua Palavra. Nossos olhos precisam serem desvendados para ver as tuas maravilhas e elas se tornam preciosas em nossos corações. Oramos agradecidos por tudo, em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s