Chorando Com Gosto

Meditação do dia: 29/04/2021

E levantou a sua voz com choro, de maneira que os egípcios o ouviam, e a casa de Faraó o ouviu. (Gn 45.2)

Chorando Com Gosto – Alguns costumes e hábitos aparecem na vida sem avisar de onde ou para que vieram. Parecem até que são contraídos no ar, como vírus de gripe e etc. Por exemplo: “Homem que é homem não chora!” Copiado talvez do ditado caipira, de que “o bom cabrito não berra!” A bem da verdade, parece que esqueceram de avisar muita gente por aí. No entendimento cristão, quem mais entende de gente é Deus, porque foi ele que criou e o fez muito bem; ficou satisfeito com o resultado final de seu trabalho. Com base nos ensinos do Novo Testamento, grande parte da cristandade aceita uma constituição tripla da pessoa humana; “E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo” (1 Ts 5.23). reconhecendo a alma como aquele princípio animado que dá vida ao corpo, ela é formada pelo intelecto, emoções e vontade, através dos quais se expressa as características e qualidades pessoais e individuais. Emoções então é então parte do ser humano. Não pode ser visto como uma manifestação de desordem ou desequilíbrio da personalidade. Manifestar emoções é simplesmente ratificar que se é humano e isso não é nenhum problema e nem mesmo pecado. O que se faz, quando destas manifestações, aí sim pode expressar comportamentos e atitudes reprováveis ou que violam as verdades dos ensinos da Palavra de Deus, então o pecado aproveita e pega uma carona. José era humano, tanto quanto você e eu. Ele sentia saudades de casa, sentia rejeição, abandono, injustiça e tinha também compaixão, inteligência, força de vontade e disposição de fazer o que era certo, ainda que isso não o beneficiasse. Em um ambiente muito mais hostil do que o nosso, em termos de cultivar a fé o culto à Deus, José viveu sob pressão o tempo todo, sem direitos nem mesmo sobre sua própria vida e ainda assim cultivou sua fé, cresceu espiritualmente muito mais do a maioria de nós, frequentadores de templos e cultos, com livros, cursos, seminários e vastíssimas informações. Isso anula nossas desculpas esfarrapadas. Na sua jornada íntima familiar depois de tantos anos, ele se viu frente a frente com seus irmãos e proporcionou uma forma inusitada de criar um clima de testagem da vida e do caráter deles, por tudo que eles lhe fizeram. Se fizeram com ele, poderiam ter feito muitas outras coisas erradas depois daquilo, e José queria saber com que e com estava lidando agora. Tudo isso o sobrecarregou emocionalmente, de forma que nesse momento da revelação de quem ele era, poderíamos dizer a represa de emoções e lágrimas se rompeu. Bota choro, lágrimas e gritos de verdade. Foi quase um escândalo, mas quando a verdade veio à tona, todos concordaram e o apoiaram, desde os irmãos, os servos e até a casa de Faraó. Prova que não houve nada de errado, antes, um alívio e desabafar saudável, terapêutico.

Pai, obrigado pela maneira toda especial como fomos criados e podemos celebrar a tua grandeza e a tua majestade em tudo; rendemos louvores pela vida e obra de Cristo que nos redime dos nossos pecados e nos aproxima de ti. Graças, pela capacidade de expressarmos nossas emoções e sentimentos, porque foi para isso que elas nos foram dadas. Te louvamos, em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s