Face a Face Com José

Meditação do dia: 03/05/2021

E disse José a seus irmãos: Eu sou José; vive ainda meu pai? E seus irmãos não lhe puderam responder, porque estavam pasmados diante da sua face. (Gn 45.3)

Face a Face Com José – O futuro como todos sabemos, é incerto, é opaco e insiste em ficar no futuro. A vida não é como a gente gostaria que fosse, nem como queremos que seja, ela é como ela é. Os caminhos da vida têm seus percursos que só descobrimos à medida que avançamos e isso exige passos de fé, um de cada vez e de um em um fazemos uma jornada. Coisas que não queremos que venha a acontecer, acaba acontecendo não por capricho ou pirraça da natureza, mas por que elas precisam acontecer. Nossa fé e devoção a um Deus criador, Todo Poderoso o coloca no trono e com o governo de todas as coisas, incluindo nossas vidas. Ainda que à contragosto, entendemos que os planos e os propósitos divinos são muito melhores e superiores que os nossos, por mais bem elaborados que sejam. Jó, um homem de muita intimidade e devoção ao Senhor, entendeu isso, depois de uma longa batalha espiritual entre o bem e o mal, e mesmo sem entender tudo ou saber as reais motivações por trás de tudo que lhe acontecia, ele escolheu ficar firme sob os cuidados de Deus e sua fé foi recompensada. “Bem sei eu que tudo podes, e que nenhum dos teus propósitos pode ser impedido” (Jó 42.2). Os irmãos de José entraram por veredas estranhas e difíceis só para evitar que os sonhos de José se realizassem. Embora nenhum deles, incluindo o próprio José e mesmo seu pai, souberam interpretar os sonhos do garoto, agiram de formas diferentes; Jacó deixou como estava para ver no que se tornaria aquilo. Os irmãos não sabiam nada, mas preferiam que nada viesse a acontecer. A ascensão de José, um representante da minoria das facções de filhos do patriarca, poria em risco o status quo dos filhos de Lia que eram em maior número perante os filhos de Raquel. Trabalhar por evitar um futuro que não nos agrada, mesmo sem saber se ele existirá, pode produzir muita dor e sofrimento, como vimos na história dessa família. Eles começaram com indisposições nos relacionamentos, progrediu para ressentimentos e intolerância até atingir níveis impensáveis entre irmãos, com sequestro, tentativa de assassinado e terminando vende-lo como escravo para um país distante e ocultando a verdade para a família. Numa mentalidade doentia, eles pensavam que o tempo seria um aliado para em dado momento tudo ficar encoberto. Só não contavam com a intervenção daquele que fez as promessas e tinha uma aliança que passaria de geração para geração; o mesmo que dera os sonhos a José. Eles fizeram de tudo, mas o tudo deles ainda fora insuficiente pra cobrir a verdade e anular uma promessa de Deus. Tudo que eles não esperavam em suas vidas seria encontrar José, e principalmente numa situação de vantagem sobre eles. Por isso, aquela revelação do governador era por demais chocante para eles. Sempre existe a possibilidade de fazer escolhas, eles escolheram o lado errado da vida. O que tentaram evitar fez na verdade foi fortalecer José e prepara-lo para ocupar o lugar de direito nas alianças. Podemos ver com nossa criatividade, a cara de pasmo deles, ao saber que José estava vivo, que os planos deles desmoronaram por completo, a farsa montada não prevalecera, a verdade viera à tona e eles não teriam como contestar e nem se desviarem das responsabilidades e acima de tudo, o sonhador-mor prevalecera e de forma justa e limpa. Restava a eles a pergunta: “E agora, José?” Quando tentamos pular etapas, evitando responsabilidades, mais cedo ou mais tarde teremos que encarar a realidade e quanto mais postergamos, maior é o gigante que teremos que enfrentar. Queridos, Deus sempre nos dá e nos dará graça para vencermos a luta de cada dia, portanto não deixe para amanhã, a vitória que deveria acontecer hoje. Os o mundo e os covardes acreditam que “quem luta e foge, tem vida para lutar outra vez!” Nossa posição é outra: “Nós, porém, não somos daqueles que se retiram para a perdição, mas daqueles que crêem para a conservação da alma” (Hb 10.39).

Te agradecemos, oh! Senhor, por fazer com que as tuas palavras se confirmem em nossas vidas. Reconhecemos os teus planos como bons e perfeitos, feitos sob medida para cada um de nós. Buscamos a sabedoria e o discernimento espiritual necessário para não lutarmos contra a verdade e nem contra a tua vontade. Queremos cooperar e fazer com que a tua glória seja conhecida em toda a terra. Oramos agradecidos em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s