Sustento Garantido

Meditação do dia: 05/07/2021

“E José sustentou de pão a seu pai, seus irmãos e toda a casa de seu pai, segundo as suas famílias.” (Gn 47.12)

Sustento Garantido – Para algumas pessoas, a única coisa melhor do que comer, é só mesmo repetir. Comer é uma necessidade, mas também é um prazer, mas isso abrange mais aspectos da vida do que a nossa vaidade gostaria de admitir. A sabedoria bíblica aborda o tema das mais variadas maneiras e produz ensinamentos que justificam fazer até um estudo bíblico temático sobre ele. Comer faz parte da necessidade de satisfazer um dos instintos primários do ser humano, que é sobreviver. Satisfeito isso, partimos para o próximo nível de prioridades e assim sucessivamente. Onde os recursos se esgotam, ali instintivamente cessam as buscas por novas demandas. “O trabalhador trabalha para si mesmo, porque a sua boca o incita” (Pv 16.26). Dessa necessidade, surgem as imensas avenidas do labor humano, que o acompanha no seu desenvolvimento e progresso, desde o tempo do escambo até as novidades do e-comerce; das feirinhas e mercados públicos até o universo sem fronteiras que praticamente já se materializa diante dos nossos olhos. Isso não ficou de fora da vida em comunidades sociais e muito menos da realidade espiritual em todas as culturas e povos que se tem conhecimento. A comida é sagrada, e básica e é também fator de unidade e comunhão. Por tantas qualidades e necessidades, o sustento nosso de cada dia se torna instrumento social, pois obriga os povos a migrarem, interagirem, socializarem e desenvolverem mecanismos e condutas. Como ninguém, individual e coletivamente sobrevive sem abastecimento alimentício, esse fator se tornou instrumentos de grande importância no povo de Deus e da disseminação da fé em um Deus Provedor. Na promessa inicial que Abraão recebeu de Deus, estava contemplado a prosperidade e a bênção de se ter uma terra produtiva e de onde levantariam sustento com abundancia. As muitas celebrações da fé do povo de Deus sempre esteve associada à provisão do sustento. “Três vezes no ano todo o homem entre ti aparecerá perante o Senhor teu Deus, no lugar que escolher, na festa dos pães ázimos, e na festa das semanas, e na festa dos tabernáculos; porém não aparecerá vazio perante o Senhor” (Dt 16.16). O próprio Senhor Jesus, ao ensinar os seus discípulos a orar, incluiu na sua oração, a gratidão a Deus pela provisão de cada dia. “O pão nosso de cada dia nos dá hoje” (Mt 6.11). José teve o privilégio de prosperar e chegar a condição de poder oferecer sustento com dignidade a toda a família de seu pai, incluindo pessoas, servos e animais. Nosso desafio não só de hoje, mas de toda a nossa vida, é demonstrar gratidão Deus pela sua capacidade de cuidar de nós, e pelos muitos meios que ele disponibiliza para chegar a isso. Os dons e talentos pessoais nos foram dados para nos habilitar a trabalhar e sermos produtivos e assim a bênção chegar em nossas vidas e daqueles a quem amamos e estão sob nossa responsabilidade.

Senhor, obrigado pela provisão de cada dia e por através disso também podermos estender o teu amor e cuidado a outras pessoas. Somos gratos por cada pessoa e cada oportunidade que se abre diante de nós. Te agradecemos de coração e abençoamos as nossas provisões de cada dia. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s