Vidas Humanas à Venda

Meditação do dia: 12/07/2021

“Por que morreremos diante dos teus olhos, tanto nós como a nossa terra? Compra-nos a nós e a nossa terra por pão, e nós e a nossa terra seremos servos de Faraó; e dá-nos semente, para que vivamos, e não morramos, e a terra não se desole.” (Gn 47.19)

Vidas Humanas à Venda – Ao compartilhar meditações que escrevo como um exercício de aprimoramento pessoal e espiritual, sou desafiado diariamente a produzir um texto sobre um tema que tenha utilidade e possa promover a edificação espiritual e intelectual dos irmãos e amigos que me prestigiam, lendo diariamente e ou com certa assiduidade que muito me honra. Em muitos desses textos, deixo transparecer minhas impressões e marcas pessoais das experiencias com Deus e sua Palavra. Ao longo dos dias, vamos aprendendo a aprender e à medida que crescemos, levamos junto conosco a bênção dessa comunhão e amizade no  gosto pela literatura, ainda que não sei se esses textos seriam dignos de entrar para essa categoria. Vi nesse versículo, que também utilizamos ontem, uma citação que me remeteu a uma das grandes experiencias da minha vida em termos de ter os olhos abertos para perceber num texto uma verdade tão grande, que mesmo estando ali à milhares de anos e eu a ter lido diversas vezes, nunca tinha me atentado para o profundo significado daquelas palavras. Aqui, em Gênesis, nessa experiencia de José recebendo pessoas e mais pessoas, famintas, necessitadas e carentes, sendo que muitas delas, em tempo bem recente, digamos, menos de cinco anos, eram pessoas livres, prósperas, com patrimônio pessoal e familiar, talvez herança de família que vinha passando à gerações e agora estavam implorando para serem compradas, porque não lhes restavam mais nada e elas se ofereciam para que caso José, representando Faraó e o governo tivessem interesse em não deixar a vida e a espécie humana se extinguir do reino, que estava fadado ao desalento e aniquilamento pela fome e a morte. Todos, uma dia foram súditos do reino e do rei, agora pediam para serem servos, propriedade do rei e do estado em troca de sobreviverem. Isso me remeteu a um quadro mental do futuro, que agora não está mais distante, quem sabe, como o fora para aqueles antigos egípcios. Lendo o Livro de Apocalipse certa vez, não muitos anos atrás, me deparei com a expressão que parecia saltar das páginas e confesso que fiquei assustado, a ponto da respiração ficar ofegante e o coração acelerar as batidas, sob o efeito daquele texto, que transcrevo a seguir: “E canela, e perfume, e mirra, e incenso, e vinho, e azeite, e flor de farinha, e trigo, e gado, e ovelhas; e cavalos, e carros, e CORPOS E ALMAS DE HOMENS (Ap 18.13). Na cidade do pecado e comércio mundial (à meu ver, ainda será construída no Oriente), entre mercadorias, bens e serviços disponibilizados comercialmente, estão também CORPOS E ALMAS de pessoas. Até certo ponto, acostumamos ouvir falar de prostituição, onde a pessoa “vende o seu corpo, uns por prazer e outros por sobrevivência e alguns por exploração e escravidão dissimulada, que governos e sistemas de justiça tem lutado para acabar ou minimizar, mas prevalece a lei da demanda e oferta. Mas “ALMAS” demandam mais esforço de nossa parte para digerir, pois o intelecto, volição e emoção, se tornam um tipo de bem e capital altamente cobiçado, por aqueles que são miseravelmente pobres que a única coisa que lhes restaram é o dinheiro. Não há compaixão, simpatia ou empatia com nada e ninguém, apenas o desenfreado apetite por satisfação à qualquer custo, pois para eles preço não é problema, tudo é negociável e tudo e todos são compráveis. Que sorte tiveram aqueles antigos egípcios, pois aquele governo de Faraó, naquela pessoa e aquele governador José, tinha caráter, ética e princípios, onde eles puderam alimentar um sonho. Nos nossos dias e no futuro próximo, só o sangue do Cordeiro, para nos proteger e nos guardar. Ainda bem que já fomos comprados por um alto preço!

Senhor, obrigado, porque a visão de futuro que nos ofereces é infinitamente melhor e mais convidativa do que aquela previsão de futuro que o mundo tenta descrever para todos. Nós cremos, aceitamos o teu justo governo e a tua  soberania para com as nossas vidas, mas também acreditamos que as profecias sobre o reino do Messias, cobrirá toda a terra e será de justiça e paz sendo implantado num tempo de muitas dificuldades e provações quais nunca foram vistas na terra. Nos abrigamos sob tuas asas, oh poderoso Deus, através de Jesus Cristo, nosso Senhor. Amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s