Apareceu-lhe o Senhor

Meditação do dia: 16/12/2021

“E apareceu-lhe o anjo do Senhor em uma chama de fogo do meio duma sarça; e olhou, e eis que a sarça ardia no fogo, e a sarça não se consumia.” (Êx 3.2)

Apareceu-lhe o Senhor – Manifestações de Deus aos seres humanos são sempre misteriosas, maravilhosas e propositais. Não temos como determinar quando e onde isso acontecerá, mas é isso que torna elas tão interessantes. A iniciativa de revelar-se é sempre do Senhor, porque ele é quem tem uma mensagem, uma chamada ou uma posição definida sobre o que quer ou espera da parte da pessoa. Eles fazem parte do contexto da manifestação da graça divina estendida ao homem. Não merecemos, não podemos fazer nada para tê-las ou determina-las. Dependem então da fé, ativa e passiva, porque como receberemos uma revelação ou manifestação de Deus se não acreditamos que ele possa se revelar? Por outro lado, que podemos fazer para que elas aconteçam? Nada, absolutamente nada! Também ao estudarmos essas teofanias, precisamos levar em conta os tempos e as necessidades. Tal quem em investimento financeiro, “lucros passados não garantem rendimentos futuros.” Não é porque houve uma manifestação divina em tal circunstância, que ela se repetirá sempre que tudo estiver alinhado como da vez anterior. Somos conclamados nas páginas das Sagradas escrituras a buscar a Deus e até mesmo fazer isso com muito intenção e vontade, mas é buscar a Deus e não buscar suas manifestações ou revelações. “Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto” (Is 55.6). “Então me invocareis, e ireis, e orareis a mim, e eu vos ouvirei. E buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes com todo o vosso coração” (Jr 29.12.13). “E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra” (2 Cr 7.14). Uma revelação da manifestação de Deus é suficiente para modificar para sempre a vida de uma pessoa, qualquer pessoa. Ao cultivar uma vida de fé e piedade a pessoa aprende os caminhos da humildade e da consagração total à vontade de Deus e caso Ele se manifeste de qualquer forma, sempre será uma experiencia maravilhosa e que produzirá bênção e aumentará a comunhão e a proximidade com aquela pessoa. Em sua economia Deus valoriza todas as oportunidades e faz com que todas as coisas tenham propósitos especiais. Nada acontece ao acaso e por acaso. Há uma intencionalidade da parte do Senhor e isso deve nos levar a buscar discernimento sobre a experiencia e o propósito dela. Moisés já tinha uma consciência de vocação para promover a libertação do seu povo do cativeiro egípcio, mas tentou fazer as coisas do seu jeito e com suas próprias estratégias e não deu certo! Nunca dá certo! Não se faz as coisas para Deus do nosso jeito, com a nossa força e para nossos próprios propósitos. Normalmente entre uma experiencia e outra é necessário acontecer um processo de quebrantamento o suficientemente forte ou grande para reduzir a confiança humana e se render ao poder divino. Isso pode ser demorado e doloroso¸ Moisés que o diga; e eu também.

Pai, agradecemos a tua bondade e misericórdia que está sempre estendida para nós, os teus filhos, que precisamos te conhecer mais e melhor até atingirmos a condição de completa rendição e quebrantamento, para sermos úteis ao ti aos teus planos. Agradecemos as tuas manifestações de graça e amor através da tua Palavra e do teu Espírito Santo. Oramos em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s