Falando Com Deus

Meditação do dia: 09/01/2022

“Então Moisés disse a Deus: Quem sou eu, que vá a Faraó e tire do Egito os filhos de Israel?” (Êx 3.11)

Falando Com Deus – A oração é um diálogo com Deus. Deve ser diálogo, as duas partes devem se comunicar. Também é importante que a oração aconteça num ambiente de fé, senão será um mero exercício de religiosidade e obrigação mística. Temos defendido nessas meditações ao longo dos dias que escrevemos, que a vida cristã não é religião e sim um relacionamento com Deus. Adão falava com Deus antes da queda e depois também, embora o distanciamento foi se tornando gradativo e com as gerações se sucedendo, a comunhão foi se tornando mais esparsa a cada tempo. Enos iniciou a adoração pública e a invocação a Deus, e isso nos permite deduzir intimidade no relacionamento. Enoque foi um homem notável e andou com Deus e agradou a Ele de tal forma que o levou para si. Noé teve bom relacionamento com Deus e ouviu as instruções com precisão e foi obediente em tudo até concluir seu trabalho. Abraão foi chamado e conhecido como amigo de Deus, cresceu muito na sua intimidade com a sua fé herdou promessas grandes e maravilhosas. Podemos repetir a lista com Isaque, Jacó, José, e até chegarmos na igreja na Nova Aliança e aos dias atuais. A minha idéia na condução da linha de pensamento hoje, está num tipo de relacionamento de comunhão e aproximação de Deus, onde “falar com Deus” venha a significar até um pouco mais do que “oração.” Ao perceber a dificuldade, Moisés falou com Deus sobre suas limitações e incapacidades. Isso difere do viés religioso clichê, onde a praxe é falar com muita gente, de muitos modos, menos com Deus. Sem querer criticar, mas já criticando, as chamadas mídias e redes sociais se tornaram o fórum onde as pessoas entram para desabafar suas frustrações e expor suas mágoas e fazer reivindicações. Nada contra as redes sociais, são instrumentos com relevância, mas elas não podem produzir paz e conforto espiritual para uma alma angustiada e alquebradas sob o peso de uma responsabilidade vocacional. No nosso treinamento teológico e ministerial, fomos desafiados a viver pela fé sem contrair dívidas e contar nossas necessidades apenas para Deus em oração; me lembro muito dos sufocos e apertos, mas também da alegria de ver a provisão divina chegando precisa e na quantia certa por caminhos que só a graça do Senhor para produzir. Isso me acompanha pelos caminhos do ministério e sou muito grato àquele treinamento e a desafio de confiar naquele que nos chama. Grandes homens da história da igreja sempre foram adeptos dessa prática, de só falar com Deus sobre suas necessidades e Deus nunca falhou com nenhum deles. Não falhará contigo e nem comigo.

Obrigado, Senhor por estar sempre atento às orações dos seus filhos e por se importar com aquilo que nos afeta. Podemos contar ao Senhor as nossas dores, nossas dúvidas e chorar diante de ti, certos de que estamos no lugar certo e na pessoa certa. Somos gratos por termos um Deus grande e poderoso que pode todas as coisas e conhece tudo a nosso respeito. O Senhor nos ama e nos acolhe em Cristo, suprindo com abundancia todas as nossas necessidades, sempre e obrigado por isso. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s