Sem Crédito

Meditação do dia: 13/02/2022

“Então respondeu Moisés, e disse: Mas eis que não me crerão, nem ouvirão a minha voz, porque dirão: O SENHOR não te apareceu.” (Êx 4.1)

Sem Crédito – Desde que passei a ter contatos com a Bíblia e convivência com o universo eclesiástico, ouço mensagem e ministrações sobre o chamado divino aos homens para comporem o quadro de servos do Senhor encarregados para realizarem a obra de Deus. Em todo esse tempo, incluindo a mim mesmo, Moisés já foi assunto diversas vezes e todos batemos pesado na atitude dele de manifestar dúvidas e incredulidade quanto a possibilidade de sucesso no seu trabalho. Não é tão complicado assim, porque quando chega a nossa vez, manifestamos praticamente os mesmos sintomas e damos as mesmas desculpas, as vezes com outras palavras, mas o enredo é o mesmo. Deus fala e nós retrucamos, argumentamos como se tivéssemos razões suficientes para convencer a Deus de que “desta vez” ele está cometendo um erro! O culto ou o serviço que prestamos ao Senhor, inicia-se com uma “visão de Deus!” Adquirimos uma consciência ou percepção maior sobre a realidade espiritual ao nosso redor ou no nosso interior. Jesus ensinou que servimos a Deus em espírito e em verdade, porque é esse o tipo de adorador que o Pai procura. “Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem. Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade (Jo 4.23,24). Quanto mais nos aproximamos de Deus, melhor é a visão dele que temos e também de nós mesmos. Quanto maior é a percepção da grandeza de Deus, maior é a percepção que temos de nossa pequenez, insuficiência e incapacidade. Isso deve gerar, quando direcionado corretamente, para uma dependência divina, uma vez que ele é a fonte de poder, realização e capacitação. Sendo um Senhor bom e justo, é certo pensar que ele não daria tarefas impossíveis de serem realizadas e missões impraticáveis. Deus não tem nenhum prazer em fracasso e derrota de ninguém. Sua obra, suas missões e chamados são para os homens servirem a Ele em primeiro lugar e através do serviço, glorifica-lo e fazer seu nome, seu poder e glória conhecidos de todos os povos para benefício da redenção que proposta no sacrifício de seu filho Jesus Cristo, nosso Senhor. Moisés se via desacreditado e tinha a mesma percepção de que as demais pessoas também o vissem por esse mesmo ângulo. Se não acreditamos em nosso potencial, porque outras pessoas iriam acreditar? Deus nãos nos chama porque somos bons ou capacitados, mas por obra e graça do seu amor e misericórdia e também ele já trabalhou em nós, por nós e agora está dando um passo à frente para trabalhar através de nós. Você entende o seu chamado? Você entende a sua capacitação? Nada disso vem de nós, mas de Deus. Se permita ver do ponto de vista de Deus, é maravilhoso o que pode mudar em nossas vidas, quando a vemos da perspectiva divina.

Senhor, obrigado por cuidar dos mínimos detalhes que nos permitem servir a ti e à tua obra, mesmo sendo humanos, o que é sinônimo de falho e pequeno, mas instrumentos que podem ser afinados com a tua perfeita vontade; somos vasos que podem ser cheios de toda a plenitude de Deus. Podemos aceitar a tua suficiência nos abastecendo de poder e graça para vencer a cada dia. Oramos com gratidão e desejo de honrá-lo e glorifica-lo em tudo e em todo o tempo, no poderoso nome de Jesus, o nosso Senhor. Amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s