Faraó Tem Que Ofertar

Meditação do dia: 19/09/2022

“Moisés, porém, disse: Tu também darás em nossas mãos sacrifícios e holocaustos, que ofereçamos ao Senhor nosso Deus.” (Ex 10.25)

Faraó Tem Que Ofertar – Como todos vocês sabem, o pastor Jason é Batista  de Renovação Espiritual. Então já sabem, que tirar ofertas não é o meu forte e nem é uma prática tão enfatizada em nossas igrejas locais. Mas temos nas Escrituras muitas instruções boas e saudáveis sobre servir a Deus com nossos bens, serviços, talentos, habilidades, oportunidades e é assim que se faz o ministério ou o trabalho no Reino de Deus. A entrega dos dízimos é um culto cristão herdado da fé judaica. Isso não é determinação da Lei de Moisés, pois Abraão já era dizimista, Jacó foi dizimistas e todos os patriarcas o foram. Aquilo era uma prática de culto tão antiga quando à própria humanidade. Adão e Eva ensinaram seus filhos a ofertar a Deus; Noé fazia isso com seus filhos; Jó que era contemporâneo de Abraão fazia isso com muita naturalidade. Entregar os dízimos, não é parte do culto a Deus – dizimar É CULTO A DEUS!  É a forma da pessoa expressar reconhecimento de que Deus é o Senhor de tudo e o provedor para todos nós. Em gratidão, devolvemos no mínimo, uma décima parte das nossas rendas, como tributo voluntário e de gratidão. Já que “Do SENHOR é a terra e a sua plenitude, o mundo e aqueles que nele habitam” (Sl 24.1). Sendo assim, pagar tributos é legítimo. Nesse caso específico, quando Moisés cobrou do Faraó que ele também ofertasse para o Senhor, era uma questão de leva-lo a se dobrar diante de Deus. No início ele não aceitava a existência de um Deus querendo intervir no “seu pedaço.” Agora depois de tantas pragas e tantas derrotas, ele tinha que reconhecer a existência, o poder e a glória desse Deus que foi minando seu orgulho, e agora que ele “cedeu,” então Moisés aplica a chave que o leva a ofertar para Deus, o que seria um sinal evidente do reconhecimento e da adoração ao Senhor Deus dos hebreus. O rei fazendo isso, daria uma clara mensagem aos seus súditos, de que todos deveriam tributar reverencia, respeito e até mesmo adorar esse Deus Poderoso, que prevalecera sobre os “deuses do Egito,” o que incluía o próprio Faraó. Lembrando que dizimar é culto, portanto é compulsório (obrigatório), já, as ofertas são sempre voluntárias e qualquer um pode fazer dentro de sua prosperidade.

Senhor, agradecemos por ser o nosso Provedor e nada tem nos faltado e ainda tem sido abundante e assim podemos compartilhar e ajudar aqueles que estão carentes e necessitados. Te reconhecemos como o Senhor e o dono de todas as coisas, por isso tributamos com muita alegria, reafirmando a nossa mordomia e o teu senhorio. Ao sermos generosos e liberais em dizimar e ofertar, construímos uma muralha contra a avareza e o egoísmo, não consumindo conosco mesmo, todas as bênçãos e provisões que tem chegado às nossas mãos. Agradecemos em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s