O Retorno Das Águas

Meditação do dia: 02/01/2023

“E disse o Senhor a Moisés: Estende a tua mão sobre o mar, para que as águas tornem sobre os egípcios, sobre os seus carros e sobre os seus cavaleiros.” (Ex 14.26)

O Retorno das Águas – No mundo dos negócios, existe a máxima: “Não existe almoço grátis.” Isto quer dizer que os negócios não fazem favor à ninguém e se algo parece grátis aqui, é porque alguém, em algum lugar pagou por isso. No campo da física, os movimentos correspondem às forças que as impulsionam, e assim funciona para qualquer lado. Todos sabem que água não se amontoam, não se empilha e se elas são pressionadas e retidas em algum ponto, elas irão empurrar e forçar em outro lugar e mais cedo ou mais tarde elas voltarão ao curso normal. Isso é elementar. O que vimos acontecer com o Faraó e seu exército, foi uma atitude de insanidade provocada por orgulho e vaidade pessoal, querendo prevalecer contra Deus. Eles viram que o Mar Vermelho fora aberto milagrosamente e de forma sobrenatural para que Israel passasse em seco e se livrasse da perseguição. Eles deliberadamente escolheram violar seus conhecimentos e escolheram perseguir o povo de Deus, mesmo quando tudo dizia que aquilo era irracional, sobrenatural e não estava no controle deles. Também Faraó e seu exército sabiam que Deus agia por Israel e contra eles. Mas ainda assim entraram no mar contra todas as probabilidades daquilo dar certo. Quando Israel passou, o milagre não era mais necessário, e Deus ordenou a Moisés que estendesse suas mãos e cancelasse a ordem para que as águas voltassem ao curso normal; Eles foram apanhados e sofreram as consequências. Todos sabemos que somos livres para fazermos escolhas, mas não o somos para escolher as consequências das nossas escolhas. Um exemplo: Posso escolher por a minha mão no fogo, é uma escolha que posso fazer; mas não posso escolher as consequências, se minha mão queimará ou não. Podemos escolher violar a Palavra de Deus e seus ensinos, mas as consequências não são escolhas nossas. Na hora da raiva, da insensatez, na dor, no sofrimento e sob pressão, podemos fazer escolhas absurdas e depois as consequências nos seguirão por muito tempo. A razão porque fazemos devocionais, meditamos, oramos, nos enchemos do Espírito Santo e buscamos sabedoria, quando tudo está em paz e sossegado, é para que nos momentos difíceis, estamos preparados, alimentados e em condições de fazermos boas escolhas.

Senhor, obrigado pelo privilégio de fazermos boas escolhas, orientados pela tua Palavra e ajudados pelo Espírito Santo. Obrigado por seu o nosso porto seguro e nossa fonte de fé e confiança. Agradecemos em nome de Jesus, pela oportunidade de fazer o bem e procurar o caminho das vitórias, amém.

Pr Jason

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s