Dá-me uma Bênção

Meditação do dia 31/08/2015

Js 15.10E ela disse: Dá-me uma bênção; pois me deste terra seca, dá-me também fontes de águas. Então lhe deu as fontes superiores e as fontes inferiores.

Dá-me uma bênção – Todo filho deseja ser abençoado por seus pais, pois a bênção serve-lhe de ponto de afirmação. Não há ninguém tão importante na vida de uma pessoa do que sua família, mas especialmente os pais. Ser aprovado, reconhecido e abençoado faz muita diferença em qualquer idade que esteja. Os pais são agentes especiais de Deus para revelar sua vontade e determinar os rumos da vida dos filhos. Na cultura hebraica antiga, filhos eram bênçãos, sinal do favor de Deus; portanto ter filhos era ser abençoado; não poder ter filhos era uma tristeza e até socialmente a pessoa ficava em desvantagem. Sendo assim, culturalmente os pais investiam muito em abençoar os filhos e incutir neles um senso de propósito e destino, o que diferenciava de todos os demais povos. Aqui temos uma história significativa, em que uma filha vem ao pai pedir uma bênção, no sentido de herança melhor. O pai já lhe dera um dote de terras, para que ela e o marido iniciassem suas vidas, mas havia pouca ou nenhuma água na propriedade. O jovem marido sugeriu a ela, que voltasse ao pai e pedisse-lhe uma faixa de terra com fonte de água. Ela o fez e Calebe, não só deu o que ela pediu, mas a abençoou com uma propriedade que tinha não uma, mas várias fontes de águas. Gosto de pensar nas atitudes dessa jovem, como sendo as minhas atitudes em oração diante de Deus. Eu já sou filho, já sou aceito e amado e minha herança é direito natural; eu sei disso, meu pai também o sabe. Mas eu posso voltar à casa do Pai é pedir outra bênção? Sim, posso! Sim, você pode! A questão é se eu sei que tipo de bênção eu quero! Se eu sei o que eu quero, certamente o seu para que o quero. Assim tudo quanto pedimos a Deus em oração, o Senhor Jesus diz que receberemos. Nossas orações deixam de ser atendidas, quando não sabemos pedir, ou porque estamos pedindo aquilo. Qual é o propósito de alcançar essa petição? Isso vai glorificar a Deus? Isso vai edificar a mim e ao corpo de Cristo? Isso vai agilizar o meu ministério ou o trabalho de Deus no qual estou empenhado? Quando pedimos ou buscamos algo que não atende verdadeiras necessidades, não há razão que justifique a Deus responder. Atender nossa vaidade, por exemplo; ou produzir ostentação e promover o ego, certamente não são bons motivos para sermos atendidos. Fontes de águas, figuradamente nas Escrituras fala de produtividade, de vida plena a ser cultivada; fala de ser cheio do Espírito de Deus para servir. Quem tem uma propriedade com abundancia de águas, precisa tornar isso produtivo e assim abençoar a si mesmo e aos demais. Mas terá que trabalhar, é claro! Ser cheio do Espírito Santo, fluir nos dons espirituais, são coisas para se trabalhar mais e melhor; é para servir a mais pessoas, mais ministérios e produzir em grande escala para glória de Deus e bênção na vida de quem será servido pelo nosso ministério. Qual a bênção você quer hoje? E para que? Peça ao seu Pai, ele é generoso!

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s