Armas Para Derrotar Gigantes

Meditação do dia 21/10/2015

I Sm 17.40E tomou o seu cajado na mão, e escolheu para si cinco seixos do ribeiro, e pô-los no alforje de pastor, que trazia, a saber, no surrão, e lançou mão da sua funda; e foi aproximando-se do filisteu.”

As armas para derrotar gigantes – A história de Davi e Golias é um clássico universal; todo mundo sabe e todos tiram lições. No mundo todo, o princípio da vitória do menor contra o maior e aceito e respeitado. Davi colocou seu nome na história e estabeleceu um novo paradigma, de que não só os grandes, os fortes e os favoritos vencem. Com uma boa estratégia e a bênção de Deus, qualquer gigante tomba. Literalmente, o que acontecia era um desafio para uma luta, uma briga e quem vencesse levava tudo, sem necessidade de uma guerra e muitas mortes e desperdícios. Golias fez o desafio, por que imaginava não encontrar alguém disposto a encarar um adversário tão superior. Saul, o rei de Israel, era o mais alto dos homens do exército de Israel; mas nem ele nem qualquer outro homem se habilitou, mesmo sendo oferecido uma régia recompensa em caso de vitória. Quando Davi se apresentou como voluntário e mostrou no seu currículo, vitórias contra ursos e leões, o rei aceitou-o como representante, mesmo sendo ele um adolescente, sem idade para se alistar no exército e sem preparo para combates. Uma irresponsabilidade real! O que o medo é capaz de fazer! Saul sabia que Davi seria massacrado, e para não sujar muito mais a sua consciência, ofereceu equipamentos e armas para o jovem, para que ficasse protegido; as armas e armadura oferecidas, eram de Saul, portanto, grandes demais e impróprias para Davi, que era garoto e de pequena estatura. Davi experimentou mas viu que não dava nem para andar, quanto mais, lutar e vencer um inimigo experiente, bem treinado e bem equipado. Aqui tem um princípio importante: Quem não tem coragem de lutar, empurra os outros e oferece suas armas e armaduras, mas cada guerreiro, precisa ter sua própria arma e sua própria armadura. Entrar em combate com armas estranhas, é derrota na certa. Se Deus permite que eu tenha que lutar, ele providenciará as armas e armaduras que me darão as garantias de que preciso. Davi, tirou as roupas, armaduras e armas de Saul e vestiu-se de si mesmo, ele era um pastor e iria enfrentar a Golias, como pastor, com roupa de pastor, com cheiro de pastor e armas de pastor! Ele não iria enfrentar um inimigo travestido de rei, de guerreiro! Davi queria ser Davi e ninguém mais e nem parecer com quem quer que fosse, ainda que fosse o rei. Não caia nessa de que o rei está te dando a honra de usar suas armas e armaduras, esse tipo de rei quer é a sua cabeça numa bandeja ou num poste. Creia que Deus te ajudará em todo tempo! Creia nas promessas do Senhor! Firme-se nas experiências já vividas, mesmo que suas vitórias tenham sido pequenas e insignificantes diante dos atuais desafios! Davi usou a sua fé e a sua funda;  e como dizia o pastor Rubens Lopes, isso é tudo o que precisamos: Tenha meu irmão a sua fé e a sua funda, senão, a sua fé afunda!

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s