Quem é Deus para Você?

Meditação do dia 26/11/2015

2 Sm 22.3Deus é o meu rochedo, nele confiarei; o meu escudo, e a força da minha salvação, o meu alto retiro, e o meu refúgio. Ó meu Salvador, da violência me salvas.”

Quem é Deus para você? Desde a filosofia, até a teologia e praticamente todas as ciências podem apresentar uma resposta para essa pergunta. Mas o que estou perguntando é mais simples e ao mesmo tempo mais complexo do que aparentemente se vê na grafia. Jesus fez esse mesma pergunta sobre si mesmo, aos seus discípulos e recebeu tantas respostas quantos eram os discípulos e ainda sobre alternativas, até que Pedro matou a charada. “Tú és o Cristo, o filho do Deus vivo!” (Mt 16.16). Voltando à pergunta inicial, muitos respondem tentando ser abrangente demais com um simples: “Deus é tudo.” Outros apresentam conceitos bem abstratos e uns até fantasiosos, outros espiritualizam tanto que fica difícil entender. Tomando uma definição teológica de alguém que é do assunto, vemos o seguinte: “Deus é Espírito Pessoal, perfeitamente bom, que, em santo amor, cria, sustenta e dirige tudo.” (A. B. Langston – Esboço de Teologia Sistemática). Mas ainda não estou satisfeito, porque não pretendo aqui lidar com o tema como ciência, mas sim como objeto de devoção. Sendo assim, o Deus da teologia pode ser inteiramente diferença do Deus a quem realmente a pessoa conhece e serve. Conhecer a Deus é mais que resultado de um estudo acadêmico sistemático; conhecer a Deus de fato, é fruto de uma experiência pessoal, íntima, progressiva e permanente. Como no caso do agnóstico que disse a um cristão que Deus não existia – ao que ele respondeu: “Bem, eu falei com ele ainda hoje de manhã é Ele me pareceu muito real!” O rei Davi tinha profunda intimidade com Deus, fruto de sua devoção e vida de oração e louvor; observe as expressões que ele usa para falar de Deus em suas canções e poemas: Deus é o meu rochedo – meu escudo – a força da minha salvação – meu alto retiro – o meu refúgio – Ó meu Salvador.” Isso tudo apenas em um verso! Esse conhecimento expressa a confiança no caráter de Deus na experiência pessoal. De que adianta Deus ser grande, todo poderoso… se ele não conta com a minha confiança e muito menos é isso na minha vida? De que serve recitar o Salmo 23.1 dizendo que “O Senhor é o meu pastor e nada me faltará….?” Mas viver ansioso, preocupado, desesperado porque nada dá certo ao mesmo tempo que tudo da errado…. O erro está em Deus, em mim, na minha teologia ou na prática da minha fé? Por isso é que te perguntei quem é Deus para você? Sua resposta deve se fundamentar na experiência que tens com ele. Eu concordo com Davi em número, gênero e grau! Deus é bom! Bom demais!

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s