As Confissões de Jó

Meditação do dia 24/04/2016

Jó 3.25 Porque aquilo que temia me sobreveio; e o que receava me aconteceu.”

As confissões de Jó – Sou admirador da pessoa de Jó; como também acredito muitos dos cristãos também o são. Sua vida e sua história nos serve de exemplo e estimula a confiança em Deus e a seguirmos numa vida de retidão e integridade. Aprendemos que as lutas vem e vão, que nem sempre entenderemos tudo, mas é suficiente saber que temos e servimos a um Deus de amor, graça e bondade que cuida de nós em todo o tempo. Deus é bom, o tempo todo, sempre. Nesse capítulo, onde Jó começa a derramar o seu coração e a sua alma em palavras, que percebemos vem de um coração muito aflito e dolorido, e ainda tentando entender a situação que lhe sobreveio e entendemos, ser realmente muito difícil, o que ele estava passando. A série de maldições, até diríamos, as pragas que ele roga, ou naquela ânsia e dor ele deseja que houvesse acontecido; mesmo não sendo o que chamaríamos em literatura de “licença poética,” onde infere de assuntos até mesmo desconhecidos, mas aqui ele está realmente expressando um desejo. Do outro modo de ver isso, sabemos que literal ou figuradamente, não temos como mexer nos dias e tempos; não é porque agora me encontro desiludido com a vida  ou com pessoas, que digo, com todas as letras e sinceridade do coração, que não gostaria de ter nascido, ter vivido, ter feito isso ou aquilo, que de repente, “zas..”  acaba tudo, apaga tudo e eu vou para o meu merecido descanso eterno. A vida não é bem assim. Alguns, que até nos serve para dar boas risadas, dizem que foi por causa dessa maldição que Jó rogou sobre o seu dia de nascimento e a praga pegou, que não temos o dia trinta de fevereiro, que era o dia do nascimento de Jó; desde então ele desapareceu do calendário. Be, essa asneira não é minha, só estou passando o conceito. Mas algo que me chama muito a atenção, é o fato de Jó fazer uma afirmação, que talvez estivesse tão profunda no seu coração, bem no seu íntimo, que nem mesmo ele tinha isso como fato, mas agora em momento de profunda sinceridade e talvez até exagerada, ele expressa e que tem peso na vida e no mundo espiritual. Ele afirma: “…aquilo que temia me sobreveio; e o que receava me aconteceu…” Quem lida com guerra espiritual e processos de libertação, conhece bem o princípio da legalidade; ou  seja, é necessário haver uma brecha, uma abertura, uma porta aberta, uma autoridade, ainda que mínima dada ao inimigo para que ele opere em uma situação. Jó afirma, que mesmo contanto com todas as bênçãos, prosperidade, segurança e o favor de Deus sobre sua vida e sobre os seus, no fundo, bem lá no fundo, ele alimentava um medinho de que “um dia a casa ia cair.” É do coração que procedem todas as saídas da vida, e parece que havia uma pequena fenda na vida interior do nosso irmão. Todos, precisamos da graça de Deus, para permanecermos firmes e fortes, sabendo que estamos de pé hoje, e estaremos amanhã, será por causa da misericórdia divina e não por nossa capacidade e firmeza. Todos os dias precisamos reafirmar a nossa dependencia  da graça do Pai. Todos os dias!

 

Senhor, só por hoje, obrigado por estar firme contigo. Graças de damos pela vida e pelas lições que aprendemos diariamente e assim podemos ajudar e abençoar uns aos outros. Sei que o Senhor é fiel e justo para nos guardar e conservar em tua presença. Graças, pela vida de Jó e pelas lições que podemos aprender com ele, certamente ele te conhecia e mesmo em meio as provas e lutas ele via a tua mão protetora e sabia que o seu redentor estaria sempre por perto. Sustenta, senhor por misericórdia, aqueles dos nossos que estão desanimados ou desiludidos, mas que podem ser renovados e restaurados para a comunhão dos santos. Em nome de Jesus. Amém.

 

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s