A Experiencia Pessoal Não Valida Uma Doutrina

Meditação do dia 25/05/2016

Jó 34.12 “Também, na verdade, Deus não procede impiamente; nem o Todo-Poderoso perverte o juízo.

A experiência pessoal não valida uma doutrina – Uma das colunas da fé das igrejas Batistas diz: “A Bíblia é nossa única regra de fé e prática.” Então para nós, se está na Bíblia, aceitamos, não tem na Bíblia, não tem validade como doutrina ou ensinamento confiável. Estamos abertos para os dons espirituais, em sua atualidade, cremos no mover de Deus e em seu poder criativo em que ele tem várias opções de realiza uma mesma coisa. Isso tudo não contradiz o seus atributos de imutabilidade e nem de eternidade. Entendemos a criatividade que o Senhor Deus usa em suas relações pessoais, tratando individualmente com cada um de seus filhos. A chamada de um necessariamente não é a mesma para outros  e o tratamento com cada um é individualizado e personalizado de forma que multiforme sabedoria dele se faz presente sempre, com os mesmos traços de amor, misericórdia, graça e favor. Jó em alguns dos seus discursos, apresentou seu lado humano, que mesmo sendo ele uma pessoa muito boa e íntegra, em momentos de pressão e dor, sente os efeitos da dor e sofrimento, quando isso se prolonga, a tendência é da pessoa expressar mais o que sente do que aquilo que crê. Ele pautara toda a sua vida em bons princípios e práticas, se colocando à disposição dos demais ao seu redor para ajudar e amparar tendo o temor a Deus como sua fonte de energia. Sendo assim, ele achava que estaria protegido do mal e que numa situação de juízo divino, ele seria contemplado com bênção e sua experiencia certamente se serviria de proteção. Mas de repente lhe sobreveio um mal grandioso e sem qualquer possibilidade de explicação racional. Vieram amigos para o consolarem e rapidamente partiram para o ataque, querendo extrair dele uma confissão ou ao menos uma admissão de culpa. Foi então que Jó passou a justificar sua conduta correta e suas boas qualidades e ao mesmo tempo tecer críticas a Deus que lhe estava punindo sem lhe dar chance de defesa. Embora ele ainda mantivesse o respeito e a fé em Deus, passou a lhe questionar os métodos e os meios de afligir uma pessoa. Racionalmente ele tão eficiente que calou a boca dos seus três amigos. Eles ficaram sem argumentos diante do exposto por Jó, isso o fez ainda mais convencido de estava realmente na direção certa. Foi quando Eliú, se pôs a falar respeitando sua condição de mais novo do que os quatro. Então ele confrontou a Jó não por ter pecado ou precisar confessar, mas por atribuir a Deus fatos que não são verdades. Para Eliú, um mortal querer atribuir injustiça e transgressão a Deus é loucura, coisas de pessoas ímpias e nesse sentido Jó estava agindo como se não temesse a Deus e não lhe tivesse respeito. É muito bom nas relações de amizade, alguém que tem coragem de nos advertir e mostrar que nossa conduta está errada e que nem mesmo uma situação impar de dor e sofrimento não justifica desviar-se da fé que cultivamos à ponto de nos colocarmos acima de Deus e ousar julgar e argumentar sobre os motivos de Deus fazer isso ou aquilo. Deus é bom, em todo tempo!

 

Pai, nos precisamos de perdão e graça a cada dia. Conhecer a ti numa experiencia pessoal que nos enriqueça e permita desfrutar da graça infinita mostrada em Jesus e no seu sacrifício na cruz. O Senhor é justo em todos os teus caminhos e santo em todas as tuas obras e está perto de todo aquele que te invoca em verdade. Obrigado por nos amar de tal maneira que fez o melhor e o máximo para nos ter em tua família e em tua comunhão. Lava os nossos corações e mantenha-os sempre limpos e puros, com motivação e desejos legítimos. Em nome de Jesus, amém.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s