Uma Tremenda Majestade

Meditação do dia 28/05/2016

Jó 37.22 “O esplendor de ouro vem do norte; pois, em Deus há uma tremenda majestade.

Uma tremenda majestade – Se a meditação de hoje fosse baseada no capítulo inteiro, o título dela seria: “Com a cabeça nas nuvens;” Eliú mostrou grande conhecimento científico e poético para descrever os movimentos e formações das nuvens e suas utilidades para com isso demonstrar a grandeza, o poder e majestade de Deus e suas relações mais que justas e bondosas para conosco. Mas meu coração ficou muito inclinado para essa tremenda majestade divina. Não é apenas uma frase poeticamente bonita que exalta a Deus, mas ela revela um tipo de conhecimento da pessoa e presença de Deus que poucos conhecem. Quando digo poucos, estou menosprezando ninguém e tão pouco me colocando onde não devo estar, determinadas verdades espirituais só se sustentam com outras verdades, as bíblicas. Por exemplo: O segredo do Senhor é com aqueles que o temem; e ele lhes mostrará a sua aliança (Sl 25.14). Outra versão utiliza a palavra “intimidade” no lugar de “segredo;” A pessoa de Deus está presente entre nós o tempo todo, afinal faz parte de sua Onipresença, pela fé sabemos que não estamos sós, Deus não está longe etc. Mas há uma aplicação da expressão “presença divina” que se manifesta ou se revela em certas situações que transcende o conhecimento, o discernimento e as razões humanas normais; em certas situações é como se aquela presença encantasse e as forças físicas da pessoa são drenadas, a ponto de não resistir e literalmente cair. E só eu, Daniel, tive aquela visão. Os homens que estavam comigo não a viram; contudo caiu sobre eles um grande temor, e fugiram, escondendo-se. Fiquei, pois, eu só, a contemplar esta grande visão, e não ficou força em mim; transmudou-se o meu semblante em corrupção, e não tive força alguma(Dn 10.7,8). Isaías teve sua experiencia: E os umbrais das portas se moveram à voz do que clamava, e a casa se encheu de fumaça. Então disse eu: Ai de mim! Pois estou perdido; porque sou um homem de lábios impuros, e habito no meio de um povo de impuros lábios; os meus olhos viram o Rei, o Senhor dos Exércitos (Is 6.4,5). Entendo que isso não tem nada à ver com certas versões modernas de “cai cai na unção” que se vê por aí em muitos círculos cristãos. A “presença majestosa” de Deus é sempre redentora, restauradora e com propósitos legítimos e reais. Nesse nível tive uma única experiencia, quando ministrava a Palavra num retiro de jovens na região metropolitana de Belo Horizonte. Era um sábado à noite e aquela presença veio na aplicação da pregação e todos foram envolvidos, parecia que estávamos suspensos no ar, após as orações finais, ninguém quis brincar nem fazer qualquer outra atividade; amanhecemos naquele mesmo ambiente e fomos embora depois do almoço dentro daquela aura. Eu cheguei em aqui em São Paulo na terça feira e ainda estava “aéreo” e tentava descrever para minha esposa não tinha como, não é algo que se pode descrever. Eu sei até hoje que aquilo é “unção divina!” Isso é a tremenda majestade da presença de Deus.

 

Pai, obrigado por se revelar a nós, e permitir que tenhamos um vislumbre de tua grandeza, poder e majestade. O Senhor é digno de toda a reverencia e toda a glória, pois não há ninguém semelhante a ti. São bem aventurados aqueles que te conhecem e podem contemplar a tua presença. Graças, Senhor Jesus, por vir até nós e revelar o Pai em sua majestade e glória. Te honramos, querido Espírito Santo, por nos conduzir a toda a verdade e encaminhar os nossos corações experimentar a salvação de Deus. Oramos e adoramos a Deus e sua tremenda majestade. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s