Confissão

Meditação do dia 10/07/2016

Sl 38.18 “Porque eu declararei a minha iniqüidade; afligir-me-ei por causa do meu pecado.

 Confissão – O maior de todos os projetos do universo, além e acima até mesmo da criação, é o da redenção da humanidade. Grande, caro, complexo, personalizado e só possível de execução por uma única pessoa em todo o universo – Jesus Cristo. O beneficiado, todo aquele que se dispuser a crer no amor de Deus e colocar sua fé Senhor Jesus Cristo, sua vida, obra, morte e ressurreição. Por um homem e um ato de desobediência o pecado e o mal grassou por toda a humanidade, não poupando ninguém. Mas o projeto de Deus, também por um só ato de justiça de Jesus Cristo, tornou possível a reconciliação de todo aquele que crê, indistintamente. Hoje, o pecado não é mais o grande problema da humanidade, pois já tem solução providenciada e disponível gratuitamente e acessível a todos. A questão é agora com cada indivíduo pessoalmente, admitir suas culpas produzidas por seus pecados cometidos. Por não reconhecer sua condição ruim de desobediências e transgressões de todas as leis de Deus é que uma pessoa será condenada no final. O salmista assume sua condição de pecador declarando, confessando, admitindo suas iniquidades. Isso é uma aceitação racional, lógica de que após se auto analisar, o saldo foi ruim; está em débito com Deus, os pecados são mais que os atos de justiça. Não somente se chega a uma conclusão racional, mas também como uma pessoa plena, suas emoções precisam participar do processo; a pessoa precisa sentir o peso de sua ações e atitudes, o pecado precisa ser visto e admitido como um mal, que ofende a Deus e degrada a pessoa, aviltando-a aos mais baixos níveis que se pode imaginar. Se os meus pecados não me aflige, não me incomodam, então estou em sério risco. Essa aceitação mental lógica, somada à atitude emocional de afligir-se e sentir-se mal por causa dos erros e pecados, que aciona a terceira faculdade da personalidade humana, que é a vontade. Eu, você, nós precisamos exercitar a vontade de sair dessa condição ruim. Está ruim, é cômodo, até mesmo poder ser satisfatório por causa do prazer que o pecado dá, mas a conta no final é desastrosa, então eu preciso querer sair disso e sair logo. As pessoas não precisam de muito estímulo para saírem de um edifício em chamas; mas se elas não sabem do risco, não veem e não são avisadas, a tendência é continuar como se nada fosse acontecer. É isso que o Evangelho faz, avisar às pessoas sobre a condição que estão diante de Deus e os riscos eternos que sobrevirá a elas e aponta o caminho da salvação.  “Mas Deus, não tendo em conta os tempos da ignorância, anuncia agora a todos os homens, e em todo o lugar, que se arrependam; Porquanto tem determinado um dia em que com justiça há de julgar o mundo, por meio do homem que destinou; e disso deu certeza a todos, ressuscitando-o dentre os mortos” (At 17.30,31). Nossos pecados nos separam de Deus e nos levarão à ruína. O arrependimento é uma boa solução.

 

Obrigado Senhor por oferecer uma tão grande salvação, a homens tão perdidos em seus delitos e pecados. Confesso a minha culpa e a minha responsabilidade por atos que ofendem a tua santidade e denigrem a imagem do Senhor que tornar a minha alma preciosa diante de ti. Obrigado pela redenção disponível em Cristo Jesus e pelo trabalho de convencimento que o Espírito Santo exerce sobre todos nós, para nos trazer de volta para ti. Em nome de Jesus, amém.

 

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s