A Mordomia do Tempo

Meditação do dia 31/08/2016

Sl 90.12 “Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios.

A Mordomia do Tempo – “O tempo vale pela intensidade com que vivemos e pela sabedoria com que o aproveitamos.” O tempo pertence a Deus, de quem somos mordomos e nossa parte se refere a organização do nosso tempo em relação ao trabalho, família, lazer, igreja, etc. Discursando aos gregos intelectuais, Paulo disse que é Deus quem determina o tempo dos povos (At 17.26). Já o profeta Daniel ao orar agradecendo a revelação do sonho que o rei Nabucodonosor tivera, declara que “…E ele muda os tempos e as estações…” (Dn 2.21). Costumamos dividir o tempo em períodos pois assim facilita a contagem e a utilização: segundos, minutos, horas, dias, meses, anos, séculos, e porque não, eternidade. Quando alguém não utiliza bem o tempo disponível, comumente argumenta interrogativamente: “Para onde foi o tempo?”  O problema não está no tempo, ele não pode fugir de nós. É como se planeja as atividades dentro do tempo de que dispomos que conta. Já quem tem um sistema de valores muito focado em bens materiais e até seja avarento, costuma dizer que “Tempo é dinheiro!” É verdade que há um custo na demanda do tempo empregado e também é verdade que o trabalho é útil e necessário, mas ao cristão  não cabe ser escravo do trabalho e muito menos dos resultados dele. Além dos pássaros e aviões, “O tempo também voa” é sempre uma boa desculpa para quem não consegue realizar suas obrigações dentro do espaço útil de tempo previsto. Já os procrastinadores, ou que teme enfrentar os problemas ou evitam confrontos, preferem a filosofia de que “O tempo cuidará do caso…” O tempo em si não trás solução, mas podemos dar o tempo certo para resolver amadurecer idéias e avaliar melhor algumas situações. Mas o grande estrado da vida corrida de todos os tempos é mesmo “Não tenho tempo…” Na verdade, não é falta de tempo, mas as prioridades é que controla o uso do tempo. Temos tempo para tudo o que consideramos importante dentro da nossa escala de valores. Tudo o que fica fora, é porque na prática não valorizamos, ou não consideramos que mereça ocupar nosso tempo e atenção. Sem contar que a falta de prioridades corretas induz ao famoso “Matar o tempo.” Não utilizar convenientemente o tempo disponível. Uma vez que estamos falando de mordomia cristã, vale a pena pensarmos em alguns conceitos bíblicos sobre o uso do tempo. Podemos começar pelo fato principal: “A vida humana é temporal,” nossa existencia é limitada fisicamente pelo fator tempo ( Tg 4.13-16). Depois temos que considerar “aspecto eterno da vida humana” é daí que vem o empenho e o zelo pela comunhão e a vida com Deus para refletir em um ministério de faça a diferença. (Fp 1.20-25) A garantia de uma eternidade feliz está na mordomia sábia e temente a Deus do tempo de agora. E num terceiro momento, considerar “A importância da vida.” Para os servos de Deus, a vida é mais do que conseguir coisas, ela vale e tem maior valor do isso. (Mt 6.25; Lc 12.15). Um bom senso nos leva a valorizar aspectos inseparáveis como Tempo & Trabalho – Tempo & Família – Tempo & lazer – Tempo & Devoção. Salomão disse que há tempo para tudo nessa vida. John Ruskin disse: “não há música em uma pausa, porém a pausa entra na composição da música. E as pessoas estão sempre omitindo essa parte da melodia da vida.” Não quero fechar esse assunto sem sugerir oito passos para o uso sábio do seu tempo: 1. Tempo não pode ser acumulado – como o dinheiro, etc. 2. Não desperdiçar tempo com coisas fúteis. 3. Não desperdiçar tempo com atividades prejudiciais. 4. Planejar o uso do seu tempo (Ec 3.1) 5. Cultivar a pontualidade. 6. Manter-se equilibrado no uso do tempo. 7. Seja metódico ao menos o suficiente para ser eficiente. 8. Cultivar o hábito de servir. Fecharei com um poema muito apropriado.

O TEMPO

Deus pede estrita conta do meu tempo,           Para ter minha conta feita a tempo,

É forçoso do tempo já dar conta,                    Dado me foi bom tempo e não fiz conta;

Mas como dar em tempo tanta conta,  Não quis, sobrando tempo, fazer conta,

Eu que gastei sem conta tanto tempo?  Quero hoje fazer conta e falta tempo.

 

 

Oh! Vós, que tendes tempo sem ter conta,

Não gasteis vosso tempo em passa-tempo;

Cuidai, enquanto é tempo, em fazer conta.

Mas oh! Se os que contam com seu tempo

Fizessem desse tempo alguma conta,

Não chorariam sem conta o não ter tempo!

 

(Laurindo Rabelo da Silva)

 

Graças, Pai por esse tempo em que posso compartilhar do tempo dos meus amigos e amados e nele desfrutarmos da tua graça e bondade. Hoje é o dia e o tempo aceitável de receber sabedoria de ti, para viver melhor e de forma mais produtiva. Em nome de Jesus, aquele que é o Alfa e o Ômega, Princípio e Fim, chamado de “Pai da Eternidade e Príncipe da Paz. Amém!

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s