O Coração do Rei

Meditação do dia 20/11/2016

Pv 21.27 “Como ribeiros de águas assim é o coração do rei na mão do Senhor; este, segundo o seu querer, o inclina.

 O Coração do Rei – Este versículo faz parte importante e integrante da minha vida, desde os tempos de seminário, nos bons tempos de Betania e quem o plantou no meu coração foi a Dra. Yeda Harder, nos ensinando com sua vida além das suas matérias curriculares. Estávamos falando sobre situações difíceis e até humanamente impossíveis que se opunham aos propósitos de Deus em nossas vidas. Foi quando ela sacou esse texto e que para mim até ali, não tinha nada a ver com oração ou com buscar a vontade de Deus. Na verdade o que ela estava revelando a nós, era o princípio da autoridade, que é bíblico e que devemos respeitar, para não incorrer em rebeldia, o que nos colocaria em conflito direto com a verdade de Deus. Rebelar para forçar uma situação a se resolver não é cristão, não é bíblico; Jesus ensinou exatamente o contrário: “Ouvistes que foi dito: Olho por olho, e dente por dente. Eu, porém, vos digo que não resistais ao mau; mas, se qualquer te bater na face direita, oferece-lhe também a outra; E, ao que quiser pleitear contigo, e tirar-te a túnica, larga-lhe também a capa; E, se qualquer te obrigar a caminhar uma milha, vai com ele duas. Dá a quem te pedir, e não te desvies daquele que quiser que lhe emprestes” (Mt 5.38-42). O rei, no caso aqui do texto é uma pessoa em posição de autoridade que se opõe a algo que desejamos, queremos ou precisamos realizar e ela tem legitimidade para interpor-se e barrar e na verdade, ela não vai permitir mesmo. O cristão, ao invés de rebelar, ou declarar guerra, ou amealhar forças e lutar, ele lança mãos de armas espirituais legítimas, como ensinou o apóstolo São Paulo: “Porque, andando na carne, não militamos segundo a carne.
Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas sim poderosas em Deus para destruição das fortalezas; Destruindo os conselhos, e toda a altivez que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo o entendimento à obediência de Cristo; E estando prontos para vingar toda a desobediência, quando for cumprida a vossa obediência.”
(2 Co 10.3-6). O segredo é ir para a oração e manter a obediência à autoridade “do rei” mas colocando o coração dele nas mãos de Deus. O Senhor pode e tem como cuidar dele e do seu coração obstinado. Como as águas do ribeiro seguem o seu fluxo natural, assim Deus faz com que o coração do rei, que se opõe à sua vontade, se encaminhe para a obediência naturalmente. Percebe-se que a nossa vida e os nossos desejos ou objetivos estão plenamente alinhados com a vontade de Deus, caso contrário, não haverá intervenção divina favorável. Segundo Jó, os planos de Deus não podem ser frustrados, ninguém frustra Deus (Jó 42.2). Esse texto tem sido uma riqueza para minha vida e tenho desfrutado dela inúmeras vezes; até comigo mesmo, quando percebo que estou muito resistente a alguma coisa, eu oro colocando o meu coração nas mãos de Deus para que possa incliná-lo segundo a sua vontade e como é bom quando saímos de uma condição de oposição a Deus para uma condição de aliado e servo disponível.

Pai, graças damos por ter revelado tua vontade a nós através de Jesus Cristo que trouxe uma tão grande salvação. Também amamos obedecer a tua vontade que é boa agradável e perfeita; assim quando nossa atitude estiver confusa e contrária à tua, temos o recurso de colocar diante de ti nossos pensamentos, sentimentos e atitudes, para sermos aliados e participantes dos teus planos e jamais opositores a ti. Cura-nos também da atitude de rebeldia e coração endurecido, obstinação de vontade, pois isso não te agrada e corrompe a nossa fé. Podemos confiar que tens o melhor para nós todos os dias e em todas as situações, em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s