O Poder do Comércio Exterior

Meditação do dia 12/01/2017

 Is 23.12 Quem formou este desígnio contra Tiro, distribuidora de coroas, cujos mercadores são príncipes e cujos negociantes são os mais nobres da terra?

 O poder do comércio exterior – Tiro e Sidom foram cidades-estados muito famosas na antiguidade por suas forças comerciais, através das rotas marítimas e seus portos movimentados, que atraiam riquezas e com elas os seus efeitos colaterais: Poder, dominação, opressão, escravidão, imoralidade, pobreza e escravidão, tudo num único caldeirão. No verso três ela era chamada de “feira das nações, isso já naquela antiguidade.” Vivemos hoje no que chamamos de aldeia global ou mundo globalizado. Agora tudo está perto e fronteiras é uma palavra que representa muito pouco. Isso trás aos cidadãos globais muito coisa boa e paralelamente muito risco e perigo; pois assim como há gente do bem estabelecendo contatos e prestando serviços de qualidade e facilitando as relações, vem pelas mesas vias os cambalacheiros de plantão, invadindo, pilhando, destruindo e deixando rastros ou não, que exigem mais e mais cuidados. Há grandes centros para tudo, e cada um procura se especializar e assim manter sua hegemonia e atrair seus públicos, como se fossem ruas movimentadas de centros comerciais nos moldes do século XX. Asssim, quem quer entretenimento cinematográfico, o endereço é Los Angeles; Investimentos e variedades, Wall Street em e Nova York; serviços bancários, é ali na Suiça e aproveite e coma um bom chocolate; quer levar as crianças para o parque, é ali em Orlando; o negócio é moda, dá um pulinho ali em Paris e Milão; quer precisão administrativa e tecnologia, Singapura é o point. Você gosta de exageros, Dubai te espera com mania de grandeza; um lugar tranquilo para trabalhar, viver se educar… o Canadá oferece boas opções; governos eficientes, vá visitar os nossos amigos nórdicos, Suécia, Finlandia, Noruega, Dinamarca… Agora, com economia globalizada, uma crise num centro detentor de poder, afunda muita gente hoje, como acontecia com a cidade de Tiro, que era uma “destruidora de coroas,” pois os forte lá eram príncipes e nobres da terra. Não são os pobres necessariamente que produzem as grandes revoluções e tomadas de poder, pois na verdade, por serem muitos e massas críticas socialmente falando, eles são facilmente manipulados por ideologias que os manobram ao querer dos ventos dos cabeças; já vimos esse filme se repetir muitas vezes e em lugares bem diferentes mas com os mesmos resultados. Tudo o que precisamos é fazer o trabalho que Deus nos confiou como igreja, num papel de sal e luz, para abençoar e cuidar para o amor e os propósitos divinos se materializem a todos os povos. O cristianismo tem uma proposta de conquistar o mundo para Deus e isso é bíblico, o que não é nem bíblico e nem correto é dominar politicamente de forma corrupta através da religião e acabar produzindo um tipo de opressão pior ainda do que de governos tiranos; a “Igreja” fez isso uma vez e não foi nada bom. O Islã tem uma proposta de conquista, mas já vimos que são também perigosos e opressores e em nome de Deus, repetem os mesmos erros que os chamados cristãos, cometeram. Não permita que sua fé seja objeto de manobra e manipulação financeira e social em nome do “nosso ministério.” O Evangelho é simples e chama a um estilo de vida simples, piedoso e de serviço.

Pai, graças por ser o supridor de todas as nossas necessidades e mesmo sendo o dono e senhor de todas as riquezas, honras e glórias, isso nunca é utilizado para oprimir ou forçar a vontade dos homens. O Senhor é bom, o tempo todo e para sempre! Amém.

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s