Prossigamos em Conhecer a Deus

Meditação do dia 27/06/2017

  Os 6.3 – Então conheçamos, e prossigamos em conhecer ao Senhor; a sua saída, como a alva, é certa; e ele a nós virá como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra.

 Prossigamos em conhecer a Deus – Conhecer e continuar conhecendo a Deus; este é um desafio maravilhoso, porque quanto mais o conhecemos, mais temos por conhecer e simultaneamente, mais ele se dispõe a se revelar a quem se propõe buscar esse tipo de experiência. Entendemos bem que conhecer a Deus é bem mais do que obter informações sobre ele. As pessoas nas páginas da Bíblia que tiveram grandes encontros e experiências com Deus tiveram suas vidas transformadas por esse conhecimento e eles passaram a exercer algum tipo de influencia que fazia diferença. Podemos pensar assim sobre Noé, sobre Abraão, Isaque, Israel, José, Moisés, Josué, Samuel, Rute, Davi e etc. Abraão ficou conhecido como amigo de Deus, Moisés como o homem mais manso da terra, sobre Jó, o próprio Senhor Deus atestou sua integridade, sinceridade e temor; Davi ficou como o homem segundo o coração de Deus, Daniel foi chamado pelos seres angelicais como “muito amado.” Mas quero destacar umas poucas palavras que valem a pena a gente refletir. Quando Davi estava passando o bastão, ou o trono, para seu filho Salomão, em uma reunião com todo os ministros e líderes da nação, ele disse as seguintes palavras para o jovem rei: E tu, meu filho Salomão, conhece o Deus de teu pai, e serve-o com um coração perfeito e com uma alma voluntária; porque esquadrinha o Senhor todos os corações, e entende todas as imaginações dos pensamentos; se o buscares, será achado de ti; porém, se o deixares, rejeitar-te-á para sempre (1 Cr 28.9). Trato esse texto como as chaves do sucesso, e são três: a. Conheça o Deus de teu Pai – b. Sirva-o de coração perfeito e alma voluntária – c. Busque-o. Toda pessoa precisa ter a sua própria experiência com Deus que irá nortear sua vida e suas decisões; as experiências de nossos pais, pastores, mentores, líderes são maravilhosas e é um privilégio conviver e desfrutar das experiências dessas pessoas; mas um dia a gente tem que assumir a direção da vida e aí o que vale é o que conhecemos por experiência. Isso altera todo o resto, pois como serviremos bem alguém que não conhecemos profundamente e a quem temos certas reservas e temores? Como buscaremos de todo o coração a Deus se a nossa experiência for muito rasa? As orações tomarão uma formalidade religiosa e ficará com cara de obrigação e sendo assim, é muito pesado e difícil. Falar com um amigo chegado é outra história; não se necessita de agenda, assunto, lugar ou formalidade, onde nos encontramos e quando nos encontramos, vale cada instante. Outra pessoa que exagerou na dose sobre conhecer a Deus, foi o apóstolo São Paulo; sem medo de ser feliz, podemos dizer que com excessão de Jesus Cristo, nesta terra, ninguém conheceu e entendeu mais e melhor a Deus e seus os propósitos de redenção do que Paulo. Numa revelação única, rápida e profunda, Jesus passou para ele de “defunto problemático e herético” para “SENHOR,” a quem recebeu toda a dedicação, entusiasmo, energia e vitalidade e propósito de vida. Mas o que para mim era ganho reputei-o perda por Cristo. E, na verdade, tenho também por perda todas as coisas, pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; pelo qual sofri a perda de todas estas coisas, e as considero como escória, para que possa ganhar a Cristo, E seja achado nele, não tendo a minha justiça que vem da lei, mas a que vem pela fé em Cristo, a saber, a justiça que vem de Deus pela fé; Para conhecê-lo, e à virtude da sua ressurreição, e à comunicação de suas aflições, sendo feito conforme à sua morte (Fp 3.7-10). Quanto mais falamos, mas temos a cavar sobre isso, mas quero que vocês se apropriem daquelas verdades que João, escreveu na sua primeira carta, combatendo as heresias gnósticas sobre conhecer a Deus – nós, temos a melhor experiência possível, porque o Espírito Santo revelou a Cristo e a Deus em nosso espírito e ele mesmo é quem melhor pode ensinar sobre Deus e sua revelação e essa capacidade, essa unção que permite esse tipo de experiência está disponível a cada filho de Deus. E vós tendes a unção do Santo, e sabeis todas as coisas. E a unção que vós recebestes dele, fica em vós, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine; mas, como a sua unção vos ensina todas as coisas, e é verdadeira, e não é mentira, como ela vos ensinou, assim nele permanecereis” (I Jo 2.20,27).

Pai, obrigado por te revelares a nós na pessoa de Jesus Cristo, que é a expressa imagem do Deus invisível; Graças de rendemos pela obra poderosa do Espírito Santo que nos convence do pecado, da justiça e do juízo e nos assiste em todo tempo, guiando-nos a toda a verdade, e a tua Palavra é a verdade. Obrigado por permitir que te conheçamos a cada dia mais e assim crescemos em tua graça e conhecimento. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s