As Mais Famosas 30 Moedas

Meditação do dia 20/08/2017

 Zc 11.13 – O Senhor, pois, disse-me: Arroja isso ao oleiro, esse belo preço em que fui avaliado por eles. E tomei as trinta moedas de prata, e as arrojei ao oleiro, na casa do Senhor.

 As mais famosas 30 moedas – Dinheiro nada mais é do que esforço transformado em moeda corrente. Não é mau nem bom, é um instrumento, uma ferramenta; também pode ser uma medida de aferir valores. Já o valor é algo bastante subjetivo e não poucas vezes completamente irracional, em se tratando de dinheiro e bens. A tulipa holandesa, aquela flor, já foi utilizada como lastro de moedas e uma tulipa valorizou-se tanto que chegou ao absurdo e desvalorizar em maior velocidade ainda, criando um enorme colapso financeiro. A fé cristã propõe que ele seja bem utilizado, honrando o esforço e o trabalho dedicado com honestidade e também para a beneficência. Na versão de Jesus: Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam; Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam. Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração (Mt 6.19-21). O dinheiro se não for tratado como um valor utilizável para o bem, pode deixar de ser um servo para se tornar um senhor tirano e usurpador, que logo cobiça o direito de ser adorado e tomar lugar no coração da pessoa. Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom (Mt 6.24). Ele pleiteia adoração! O interessante é Jesus utilizar a expressão “ninguém pode servir a dois senhores…” Nem pastores, nem igrejas, nem membros… ninguém. Zacarias profeticamente cria o cenário que vemos se cumprir na captura de Jesus, quando foi oferecido uma recompensa pela entrega dele às autoridades religiosas judaicas que pagaram esse valor à Judas Iscariotes, que acabou não desfrutando do seu premio. O sistema da época ofereceu trinta moedas pela vida de Jesus, e Judas aceitou vender o mestre; todos condenam Judas pela mesquinhez, mas no dia a dia, trocam o Mestre por muito menos. Vemos isso todos os dias e em todos os lugares nos arraiais denominados cristãos e por pessoas que se diziam comprometidos com o Reino e consagrados suas vidas para servir ao Senhor. Não é raro vermos pessoas, ministérios, se desviando de suas rotas originais, para se estabelecerem em novas posições bem mais lucrativas. Deus financia a expansão do seu reino, suprindo tudo o que se faz necessário, mas as instituições vão pendurando mais e mais custos, de forma que maior parte dos orçamentos das igrejas e instituições cristãs, são gastas com elas mesmas e a tendência é mais e mais conforto, privilégios e acomodação. Observe o orçamento da igreja que você frequenta, ou da instituição na qual você serve! Mas nossa meditação de hoje é para não vendermos nada precioso por trinta moedas – você vale mais que isso, sua família também; sua fé vale muito, seu ministério, sua honra, sua dignidade. Trinta moedas é muito pouco!

Senhor, tu és o dono e o Senhor de tudo o que somos e temos e o verdadeiro valor de qualquer coisa deve ser estabelecido por ti; que os nossos corações se apeguem ao verdadeiros tesouros que não podem ser juntados ou armazenados aqui. O Senhor é o nosso tesouro. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s