A Razão de Tudo

Meditação do dia 03/09/2017

 Mt 1.22,23 – Tudo isto aconteceu para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor, pelo profeta, que diz; Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, E chamá-lo-ão pelo nome de EMANUEL, Que traduzido é: Deus conosco.

A razão de tudo – As crianças em uma certa fase do seu desenvolvimento, chega no que costumamos chamar de “a fase dos por quês.” Se por um lado é divertido e construtivo ve-las sedentas de aprendizado e tentando formar seus bancos de dados, por outro tem hora que chega a ser irritante, de tanta repetição de “por quê?” Filosoficamente, perguntar é um ótimo meio de aprender e descobrir coisas. A natureza humana é investigativa e nem todos se sentem confortáveis em simplesmente aceitar as coisas como são ou estão; eles alguns querem mais e mais e não sossegam até descobrirem as respostas. Graças a esses teimosos e curiosos inquietos e permanentemente insatisfeitos, temos tantas inovações, tantas descobertas, invenções, melhorias e progressos. Certamente também houve custos e danos muito altos para diversos de nossos avanços e alguns justificam dizendo que “sem quebrar ovos, não se faz omelete!” A história do nascimento de Jesus é parte de um projeto maior e mais abrangente de Deus e para que essa etapa viesse a acontecer com o sucesso e a precisão devida, aconteceram todas essas etapas e todos os acontecimentos que vimos nas meditações anteriores. Tudo isso aconteceu para cumprir uma profecia de Isaías. Deus antecipou um fato futuro sobre o nascimento do Messias, o Cristo, afirmando que seria oriundo de uma virgem e que ele seria conhecido como “a presença de Deus entre nós, EMANUEL. Muito bem, depois da profecia, então seguiu-se o andamento do projeto, que mexeu com muita gente, vários governos, famílias, casamentos, nascimentos de filhos e gerações comprometidas com um algo maior que nem todos sabiam os detalhes. Costumo falar na igreja, que os judeus alimentavam um grande expectativa de serem os canais para a vinda do Messias. Isso não era tido como um bem público, propriedade da nação e que acontecerá com alguém em algum lugar, mas que cada um poderia viver como se isso não tivesse nada a ver comigo. Cada judeu, homem e mulher, famílias e grupos familiares, alimentavam a expectativa e viviam aquilo e se preparavam para estar disponíveis quando tivesse que acontecer. Por exemplo: Porque eles tinham em suas leis religiosas e cerimonias e até civis e criminais, um peso tão grande sobre imoralidade sexual? Porque ser e casar vírgem era tão sagrado? Por que penas pesadas e até capitais eram executadas pela imoralidade? Porque eles sabiam que o Messias nasceria de uma família judaica, pura, piedosa, descente e comprometida com o estilo de vida de Deus que permitisse algo assim. Todas as meninas eram criadas para viverem de maneira pura, porque uma delas seria a escolhida; e assim, nenhuma família queria perder a oportunidade de ser contemplada. Nenhum pai, gostaria de ver sua filha desclassificada, por imoralidade. Aquele padrão rigoroso demais, não apenas uma questão de moralidade, repressão sexual ou rigidez excessiva contra uma prática pecaminosa. Tinha algo maior em mente. Por que os cristãos primam por uma pureza moral e sexual, embora a sociedade moderna é prá lá de tolerante e a sexualidade é mostrada e vendida apenas como um produto hormonal e de satisfação física natural para quem atinge a idade ativa. Para a fé cristão, nosso corpo não é apenas um corpo, mas um templo, morada de Deus, comprado e pago alto preço, e Deus tem planos maiores para com ele através da ressurreição e glorificação futura. Entender os “por quês” das exigências divinas e bíblicas, abençoam e evitam raciocínios mundanos e o nivelamento abaixo do ideal de Deus. A razões por que os servos de Deus refreiam e disciplinem seus comportamentos. “E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências. Se vivemos em Espírito, andemos também em Espírito.” (Gl 5.24,25). Jesus, é exemplo e modelo em tudo, toda a sua história tem razões e motivos santos e eternos por trás de um simples fato.

Obrigado Senhor, por uma história tão bonita, composta por eventos que envolveram fé e perseverança de muitos eleitos que se portaram dignamente para que a tua verdade permanecesse firme. Amém.

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s