Meia Verdade

Meditação do dia 22/02/2018

Dize, peço-te, que és minha irmã, para que me vá bem por tua causa, e que viva a minha alma por amor de ti. (Gn 12.13)

Meia Verdade – Dizem que duas meias verdades podem não formar uma verdadeira inteira, ao contrário, pode ser uma grande mentira. Há situações na vida em que seremos pressionados de todas as formas, para violarmos os nossos princípios e acharmos uma solução mais fácil; mas nem sempre esses caminhos fáceis são viáveis e moralmente bons. Abrão pressentiu a possibilidade de um risco para a sua integridade física e antes mesmo de se constatar sua veracidade ou não, ele já havia planejado uma solução pessoal para o caso. Literalmente ele pensou que ao chegar no Egito, sua esposa Sarai, que era muito bonita poderia ser cobiçada por alguém e como eles eram estrangeiros e peregrinos por ali, poderia vir a ser vítima de violência e chegar a ser morto, só para que sua esposa fosse tomada por alguém, como viúva. Então ele arquitetou um plano, combinando com ela para se alguém perguntasse ela deveria dizer que Abrão na verdade não era seu marido e sim seu irmão, com isso evitaria uma possível agressão violenta. A verdade é quando lá chegaram, ela foi elogiada por muitas pessoas como sendo muito bonita e quem se interessou por ela foi o rei, o faraó e assim, ao invés de fazer mal à Abrão, como marido, ele fez bem, tratando ele como se fosse um futuro cunhado. Estamos estudando a Palavra de Deus e como ela é uma narrativa fiel dos fatos, revela tudo, sem omitir nada, mas sem consentir que isso seja a maneira certa de lidar com os problemas da vida. O centro da questão aqui, foi que Abrão, que estava aprendendo a andar com Deus; não fez uso da sua amizade com o Deus Todo Poderoso a quem ele servia e muito bem poderia ter pedido ajuda e orientação e até proteção. Certamente Deus se revelaria misericordioso e o guiaria no que deveria fazer e como resolver a situação. Nada diferente de mim e de vocês, que mesmo sendo homens de Deus e povo do Senhor, com uma larga experiência de oração e comunhão, sabendo que precisamos e podemos receber todo tipo de ajuda, se permitirmos Deus nos guiar, mesmo assim fazemos muitas coisas por conta própria e só depois que dá tudo errado, é que recorremos à oração, buscando ajuda. Aos Romanos, o apóstolo Paulo escreveu dizendo: Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus esses são filhos de Deus. Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes em temor, mas recebestes o Espírito de adoção de filhos, pelo qual clamamos: Aba, Pai (Rm 8.14,15). Podemos concluir tranquilamente que mesmo pessoas boas, que andam com Deus, podem cometer erros grosseiros, mas precisam se arrepender e voltar ao caminho certo. O Deus a quem servimos se revela justo e verdadeiro e jamais se compraz em erros e pecados. Deus não aprovou a conduta de Abrão e Sarai, porque isso trouxe prejuízos para as planos e propósitos divinos e essa não é a maneira certa de resolver problemas. Algumas vezes as pessoas pensam que são coisas simples, que a gente mesmo pode resolver e nem precisa incomodar a Deus. Não existe problemas simples, porque não temos a capacidade de ver o futuro e nem saber tudo sobre uma questão aparente. Sempre dependemos e podemos pedir a ajuda de Deus em oração por sabedoria e força necessárias para lidar com os problemas da vida. Reconhecer que somos necessitados do favor divino não nos torna menores, ou inferiores, mas nos faz agir de forma sábia e prudente. Deus não se sente incomodado quando qualquer de seus filhos lhe pedem ajuda. Ser independentes pode não ser bom, quando ainda não temos maturidade e capacidade para lidar com tudo que vai estar envolvido. Seja sábio, faça planos, mas inclua Deus na sua vida.

 

Senhor, graças te damos por poder ver na vida de Abrão, uma lição de como não fazermos certas coisas. Aprendemos também sobre o quanto o Senhor é bondoso e nos livra quando cometemos erros que podem comprometer os teus planos. Pedimos sabedoria para o dia de hoje e as decisões que precisamos tomar. Em nome de Jesus, amém.

 

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s