O Ponto de Vista

Meditação do dia 09/03/2018

E levantou Ló os seus olhos, e viu toda a campina do Jordão, que era toda bem regada, antes do Senhor ter destruído Sodoma e Gomorra, e era como o jardim do Senhor, como a terra do Egito, quando se entra em Zoar.” (Gn 13.10)

O Ponto de Vista – Beleza está nos olhos de quem vê! Esse pensamento circula por aí a muito tempo, seja nos meios poéticos e filosóficos, bem como dos românticos e galanteadores de plantão. Gosto da história do passeio ao zoológico feito por um grupo de deficientes visuais e ao retornarem, foram ouvir a experiência de cada um sobre a experiência e ao descreverem o elefante, um deles, que abraçara a perna gigantesca do animal,  disse que ele se parecia com uma árvore; outro que havia tocado na orelha do animal o descreveu como maleável como uma folha de bananeira; um outro que pegara no rabo do elefante, disse que ele se parecia muito com uma corda e um outro que apalpara a lateral do paquiderme, disse que ele se assemelhava mais com uma parede. A conclusão de todos eram verdadeiras, mas em parte, pois foram experiências isoladas e cada um teve o próprio ponto de vista. Voce pode imaginar a cara de satisfação de Ló, sobrinho de Abrão, olhando de um lugar elevado, toda aquela planície das campinas do Jordão? Para ele era a própria visão do paraiso; o sonho de consumo de todo pecuarista. Na visão dele, dava para se comparar com o, Jardim Éden, e se comparando a um lugar melhor descrito pelos homens, eram as terras férteis do Egito, banhadas pelas enchentes do Nilo que as deixavam renovadas e mais férteis a cada ano. Mas isso é a descrição do ponto de vista de uma pessoa cheia de cobiça e mentalidade mundana, com interesses pessoais egoístas e sem escrúpulos. Tudo o que ele estava vendo e descrevendo, era uma visão do que era uma aparente realidade antes de Deus destruir Sodoma e Gomorra. Humanamente falando é muito difícil fazer previsões, e como diz alguém mais cético do que, “se é difícil fazer previsões, ainda mais quando se relaciona com o futuro!” Como é que Ló iria saber que aquelas duas prósperas e belas cidades seriam destruídas? Como ele saberia que aqueles verdes campos, se tornaria uma pradaria árida e desértica com ruínas perpétuas? Não saberia! Como não soube e como Abrão só ficou sabendo devido a sua vida de oração e intercessão e isso levou o Senhor Deus a compartilhar um acontecimento futuro e no qual ele ainda batalhou pelas vidas de Ló e sua família em intercessão diante do Senhor e conseguiu misericórdia suficiente para salvar ao menos suas vidas e tudo o mais se perdeu. O Apostolo Paulo, fala sobre essa dualidade de pessoas em relação à fé – os carnais e os espirituais, e alguns acham que não há muito de diferente entre ambos, até isso difere o carnal do espiritual: Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente. Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido (I Co 2.14,15). O carnal não entende as coisas espirituais, enquanto o espiritual entende tanto as naturais, quanto as espirituais. Duas pessoas olhando uma mesma situação, chega-se a conclusões imensamente diferentes, como revelam a experiência de Josué e Calebe contra a mesma experiência dos outros dez espias enviados por Moisés. A diferença de ponto de vista entre Davi e o rei Saul ao verem o mesmo gigante Golias. A visão de André ao ver um garoto com cinco pães e dois peixes e a visão de Jesus sobre o mesmo cesto. Isso pode ser aplicado em infinitas possibilidades na atualidade: Como vemos a igreja, o mundo, a volta de Jesus, o ministério, a família, os problemas, a Bíblia, a oração, a santidade etc. etc. Qual é o seu ponto de vista? O que você está vendo agora e gastando sua vida, seu tempo, seu dinheiro, sua energia, como isso vai ficar depois de Deus fazer a intervenção dele? A sua própria vida, como a vê?

 

Senhor, as coisas espirituais só podem ser entendidas e discernidas por pessoas espirituais e são elas que fazem a história acontecer, os demais são coadjuvantes e figurantes pois apenas reagem ao fatos e acontecimentos da vida. Somos a igreja e somos o teu povo, colocado aqui para influenciar e fazer a diferença, permita que hoje tenhamos uma visão mais ampla, mais além das campinas verdejantes do mundo próximo de ser destruído e nem sabem da iminência de seus destinos. Desperte mais gente do teu povo para esses momentos finais e decisivos da história da igreja na terra, em nome de Jesus, amém.

 

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s