Quem Será o Herdeiro?

Meditação do dia 30/03/2018

E eis que veio a palavra do Senhor a ele dizendo: Este não será o teu herdeiro; mas aquele que de tuas entranhas sair, este será o teu herdeiro.”  (Gn 15.4)

 

Quem será o herdeiro? – Quando pensamos em herdeiro ou herança, pressupõe-se uma paternidade ou direito legal adquirido. O comum é sucessão hereditária; assim não tem discussão ou observações, pois as leis já preveem esses casos. Abrão estão aprendendo a andar com Deus e vendo que sua vida e o resultado dela não era casual ou o destino é que dirá o que o futuro aguarda. Ele estava consciente que tudo estava nas mãos do Senhor seu Deus e que as possibilidades também passavam por sua capacidade de gerenciar seu potencial. É muito comum ainda nos dias de hoje, creio que especialmente no Brasil, a expressão: “Faça a sua parte, que Deus ajuda com a outra!” é algo parecido com isso. Então Abrão reagiu ao perceber que a sua promessa era grande e maravilhosa, mas de nada valia se ele não tivesse um filho para herdar as promessas, pois tudo morreria com ele. A ansiedade humana não é nova e as expectativas sempre acabam mexendo com o interior das pessoas. Vemos isso nos jovens que querem curtir a vida e só pensar em constitui família mais tarde, quando todo já estiver resolvido; depois eles percebem que não podem resolver todas as coisas e ou nem sempre a vida segue um curso pré-estabelecido; assim a idade chega e começa a passar e aí bate aquela pressão social e interiormente o indivíduo se vê com pouco espaço para manobras. Vemos isso também nos ministérios das igrejas, cujos pastores nunca se preocupam com a sua sucessão, como se isso não fosse acontecer de uma forma ou de outra; então quanto mais adiam as decisões, mais apertado fica para fazer boa sucessão e não é raro, ver frustração e quebra de confiança, com prejuízos para todos os lados. Vemos isso no mundo empresarial, onde as coisas ficam retidas nas mãos firmes dos fundadores ou primeira geração de herdeiros e que não são abertos às novas idéias e conceitos e se valem da máxima de “sempre as coisas foram assim” e deram certo até hoje, então, porque mudar? Mudanças incomodam! Produzem insegurança! O medo do desconhecido pode ser determinante para preferir a acomodação. Nesse caso, Abrão afirmara que pelo fato de não ter recebido uma bênção em forma de filho para que herdasse suas posses e promessas, se via na obrigação de fazer de um servo nascido em casa o seu herdeiro. Será que ele esperava ouvir Deus lhe dizer: “Uai, Abrão, é mesmo! Nem tinha pensado nisso, e você está ficando velho!” Ninguém surpreende a Deus! No máximo que consigo ver são casos onde uma demonstração muito grande da parte humana, superando a média geral, leva Deus a expressar admiração especial pela ATITUDE. Me refiro, aos episódios de Salomão, ao pedir sabedoria a Deus, quando tinha um cheque em branco nas mãos e ao oficial romano, que disse a Jesus, que “uma palavra só, bastava” porque ele também era sujeito à autoridade e sabia o que Jesus poderia fazer. Abrão, disse o Senhor: “Eliézer não será o teu herdeiro, mas um filho legítimo, biológico seu e de Sara, ele será o teu herdeiro.” Todo o peso se transferiu dos ombros de Abrão, de ter que fazer alguma coisa, para as mãos poderosas do Senhor, que cuidaria de tudo, no tempo certo, para os propósitos certos. Deus tem o direito de nos dizer: “Assim não, esse não, dessa forma não, agora não!” Deus é o Senhor da nossa vida, ontem, hoje, amanhã e for even and even e pronto! The End! Só isso!

 

Senhor, obrigado por saber tudo, poder tudo e não precisar me dar satisfações, mas fazer do teu jeito e no teu tempo. Em nome de Jesus, amém.

 

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s