Existe Algo Entre o Começo e o Fim

Meditação do dia 06/04/2018

Então disse a Abrão: Saibas, de certo, que peregrina será a tua descendência em terra alheia, e será reduzida à escravidão, e será afligida por quatrocentos anos,”  (Gn 15.13)

Existe algo entre o começo e o fim – Certamente não estamos aqui para filosofar, mas também nada impede exercitar os miolos. Tudo o que foi escrito no passado em termos de Escrituras Sagradas, tem o propósito de trazer consolo e esperança, diz o Apóstolo Paulo: Porque tudo que dantes foi escrito para nosso ensino foi escrito, para que, pela paciência e consolação das Escrituras, tenhamos esperança” (Rm 15.4). Isso mesmo, as lições que nossos irmãos passaram, servem-nos de ensino e estímulo, pois para eles as coisas não aconteceram da noite para o dia, e nem de graça, no sentido de sem esforço, trabalho, conquista, erros e acertos. Estamos acompanhando a saga de Abrão e mesmo em pouco tempo, temos observado as idas e vindas, as conquistas, progresso e também situações de dificuldades em que a providencia divina teve que se manifestar para produzir resultados animadores. Abrão, era homem como eu e você, chefe de família, tal qual nós mesmos o somos hoje, enfrentava os dilemas da vida e era um adorador fervoroso do Senhor seu Deus, que agora também é seu e meu. A fé o levou a vitória, como fará comigo e contigo, com nossas famílias e igrejas enquanto estamos escrevendo as nossas histórias. Hoje, desejo frisar, que entre o começo e o fim, existe o meio e aí que estamos hoje, é aqui que estão acontecendo as coisas, boas, maravilhosas, difíceis, terríveis, e também é nesse espaço que o Senhor está andando conosco e nos moldando. Pela fé, chegaremos lá e esperamos que será uma linda história, que sirva para inspirar outros, não importa se será apenas uma pessoa, poucas, muitas ou milhares, não estamos aqui para dar ibop, mas sim, servir ao Senhor com fidelidade e completar a nossa carreira. Eu sei como foi o início e o final da vida e da história de Abraão e me é muito inspiradora; mas da minha própria vida, sei o começo e o até agora…. o fim, certamente não serei eu que escreverei sobre ele, mas sei que preciso trabalhar bem, para que seja coerente com o que acontece até agora. Meu passado não posso mudar, posso lidar com ele, aceitá-lo e corrigir no presente e para o futuro o que não está bom. O futuro ainda não existe, vai se descortinando passo a passo e posso deixa-lo acontecer ou trabalhar para construí-lo como acredito que possa ser e contando com a graça e a misericórdia do Senhor, poderá sair até melhor do que o desejo e esforço que me é possível. Entre a promessa de posse eterna da terra prometida, até sua efetiva apropriação e a construção de uma nação poderosa em Deus e detentora dos oráculos divinos e seio acolhedor do Messias e da raça humana restaurada pela redenção em Cristo, tem toda essa história antiga, presente e capítulos ainda por escrever, mas que olhando nas páginas sagradas, podemos ler o roteiro e até prever alguma coisa das cenas dos próximos capítulos. O que hoje conhecemos do povo de Deus, nação escolhida, vitoriosa, testemunha viva de milagres, atos sobrenaturais, profetas, reis e sacerdotes, apóstolos e mártires, liderança mundial, influencia poderosa e povo difícil de ser batido, tem também capítulos de dor, lágrimas, cativeiros, sujeição, opressão, sangue derramado, clamor e fé. Gosto muito daquele depoimento pessoal do pastor e escritor Kenneth Hagin, quando aos 17 anos moribundo com tuberculose no porão da casa da vó, com crises sucessivas que não davam esperança de mais nenhum dia de vida. O Pastor deles foi chamado para uma visita e ao ver o seu estado, começou a orar para consolo e conforto da avó que perderia o neto muito breve. Mas ele em agonia, não concordava com a oração do seu pastor e dentro de si ele dizia: “mas eu ainda não morri, mas eu ainda não morri!” e quando o pastor terminou a oração, ele não disse amém, porque ele estivera meditando nos últimos dias em Mc 11.24 – “Por isso vos digo que todas as coisas que pedirdes, orando, crede receber, e tê-las-eis.” Nem é preciso dizer que ele morreu a bem pouco tempo, com mais de oitenta anos e teve um vigoroso ministério para Deus e sei lá, se não fez, pelo menos deve ter participado do culto fúnebre do seu pastor, que foi primeiro do que ele para a glória. Entre o começo e o fim, existe o meio e é onde estamos atuando, e ele conta muito. Por isso, não desanime, não desista, não desespere e não deixe nada para trás sem resolver. Quem sabe, um dia receberemos na glória, um “Oscar” pelo conjunto da obra!

Senhor, obrigado por estar conosco hoje, porque para ti é sempre hoje, e a nossa história está cuidadosamente trabalhado por ti e nada escapa ao teu cuidado e amor. Posso não ver e nem saber o meu futuro, mas isso não faz diferença, porque o Senhor sabe, cuida e abençoa para nenhum dos teu planos sejam frustrados. Graças, porque até aqui me ajudou o Senhor e foi mais do que suficiente. Em nome de Jesus, amém.

 

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s