Elogio do Marido

Meditação do dia 03/08/2018

 E aconteceu que, chegando ele para entrar no Egito, disse a Sarai, sua mulher: Ora, bem sei que és mulher formosa à vista;  (Gn 11.30)

 Elogio do marido – Entre as demandas femininas, pelo menos no que tange as mulheres casadas, elas esperam sempre uma palavra de elogio dos maridos; e em alguns casos, se ele não vem ou não vem conforme esperado, a terra treme! Por outro lado, quando os elogios aparecem espontâneos de mais, elas ficam espertas e já sabem que tem armação, ou alguma coisa vem por aí! Acho que isso também deve ter começado lá no Éden e passou pelo dilúvio e perdura até hoje, pois em Guararapes, pode se observar exemplares disso. Sarai foi com a família, passar uma temporada no Egito e logo ao chegar, ela foi abordada pelo maridão, com um baita elogio “…Ora, bem sei que és mulher formosa à vista…” Não se tratava apenas de uma constatação por parte de Abrão e uma tentativa de deixa-la confortável ou melhorar sua autoestima; subentendido estava um pedido de socorro, de alguém que tinha que lidar com uma situação nova e que lhe trouxe insegurança. Acredito que Sarai, de fato deveria ser bonita e não apenas bonita, mas extremamente bonita. Leio nas entrelinhas, que são poucas situações em que as Escrituras registram adjetivos de beleza física, de forma à qualificar a pessoa dentro de um contexto importante. Outros registros são das filhas de Jó (Jó 42.14,15); Rebeca, esposa de Isaque (Gn 24.16); Raquel, esposa de Jacó (Gn 29.17); Parece que mulher bonita era “mal de família” entre esses hebreus! Abisague, uma jovem sunamita, que serviu ao rei Davi (I Rs1.3,4); Tamar, filha de Davi, irmã de Absalão (2 Sm 13.1) e a mais famosa das famosas que foi a rainha Ester, que ganhou um concurso de Miss no império (Et 2.7,9). Pode ser que me haja escapado alguém, mas tudo bem. Quando tento exagerar em minha expectativa sobre a formosura de Sarai, é devidos outros registros que a colocam numa condição de despertar interesses, mesmo já próximo dos noventa anos de idade; então teria que ser algo bem acima da média, até para os padrões daquela época. Aquela descendente de Sarai, muitos anos pela frente, descrita pelo rei Salomão, em Provérbios, como “a mulher sábia” faz um registro de que “Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que teme ao Senhor, essa sim será louvada” (Pv 31.30); está apresentando um ponto de equilíbrio entre a beleza física e a graça na vida de uma mulher devotada e comprometida com os propósitos de Deus. Ao contemplarmos toda a vasta criação, percebemos que o Criador não economizou em beleza em todas as instancias e para todos estilos que procurarmos. Ele não só tem um bom gosto pela beleza, como sabe distribui-la harmoniosamente. Mais importante ainda é que até isso, está diretamente ligado aos eternos propósitos de abençoar e redimir a humanidade. Na sua economia, Deus colocou cada coisa e cada detalhe no lugar certo para cumprir um propósito especial. Saber que cada atributo nosso está ligado a uma porta e ou oportunidade de honrar e glorificar a Deus é importante para que a pessoa não se encha de orgulho e aproprie inadequadamente de um dom de Deus e o transforme em instrumento do pecado e à serviço do mal. As mulheres cristãs são abençoadas em tudo e até sua beleza física é um bem, um patrimônio confiado por Deus e sobre o qual terão que prestar contas. Cremos que nossos corpos são templos do Espírito Santo, moradas de Deus, comprados por altíssimo preço e que esses mesmos corpos serão ressuscitados e os que estiverem vivos serão transformados na volta do Senhor e que tudo isso exige responsabilidade no uso e na conservação, de forma que agrade primeiramente a Deus. “Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus” (I Co 6.19,20).

Senhor, Criador e sustentador de todas as nossas vidas. Fomos criados para o louvor da tua glória e ao fazer-nos à tua imagem e semelhança nos confere valor, dignidade, honra e glória como pessoas, e isso está muito além do físico e aparente. Fomos salvos, redimidos por completo, espírito, alma e corpo como instrumentos de glorificação ao Deus criador. O mundo e o pecado querem tirar proveito e desvirtuar aquilo que deve ser unicamente teu, permita que os teus filhos e filhas tenham discernimentos específicos e vivam plenamente para adoração e louvor do teu nome e entendam o que é fugir dos desejos carnais que combatem contra a alma. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s