Isaque Filho de Sara

Meditação do dia 11/08/2018

 A minha aliança, porém, estabelecerei com Isaque, o qual Sara dará à luz neste tempo determinado, no ano seguinte.”  (Gn 17.21)

 Isaque filho Sara – Quando eu era garoto com menos de 15 anos, estava trabalhando na horta com meu irmão, preparando uma terra e deparamos com um pedaço de madeira ficando no chão e tentamos puxar e não conseguimos; então cavamos superficialmente e também não deu para arrancá-lo e cavamos fundo e parecia não abalar e então com um gracejo sugeri para meu irmão: “Será que isso não é o eixo da terra?” Me lembrei disso, ao pensar nas alianças divinas descritas na Palavra de Deus, pois quanto mais medito, mais estudo ou ouço ensinos e pesquisas sobre elas, mais profundas elas se tornam. Agora isso não engraçado, mas é construtivo e muito precioso saber que os termos de Deus no seu compromisso com o seu povo é verdadeiramente profundo. Quanto mais cavamos, mas firmes elas se tornam e mais fundamentos se apresentam. O caminho até o Calvário é muito bem sedimentado, tem bases inabaláveis e estão todas firmadas no caráter santo, justo e perfeito de Deus. Quando Deus falou com Abraão e Sara que estaria fechado uma aliança com eles, com garantias eternas, de geração em geração, os estabelecendo como seu povo e por toda a eternidade ele estaria ali cumprindo o acordo celebrado. Era para Abraão e Sara e ainda que inicialmente eles não entenderam bem e deram passos para produzirem carnalmente e com arranjos humanos, não obtiveram sucesso e foram levados aos extremos de suas possibilidades até todas elas estarem completamente esgotadas. É o princípio da vida que nasce da morte. Enquanto a velha criatura não morre, não dá espaço para a nova no poder do Espírito e em santidade e eternidade. Isso vale para o novo nascimento e também para a consagração em todos os aspectos do nosso relacionamento com o eterno. Deus faz uma promessa e já nos lançamos de corpo e alma e mais de corpo do alma, para fazer acontecer e nos deparamos com o fracasso, a desilusão e esterilidade, até cedermos e permitir que a graça divina faça a sua obra. Primeiro Deus trabalha em nós, para então trabalhar através de nós. Teoricamente sempre soubemos que o que SOMOS e infinitamente maior e mais importante para Deus do que o que FAZEMOS. Mas na prática… Aqui está o Senhor falando com o casal e já confirmando a aliança com Isaque, que na prática ainda não existia fisicamente, apenas na fé dos pais e nos planos de Deus. Entendo como uma afirmação muito forte de Deus, para eles ao afirmar: A minha aliança, porém, estabelecerei com Isaque, o qual Sara dará à luz neste tempo determinado, no ano seguinte. A aliança era com Isaque, o filho de Sara, que nasce o ano que vem. Gente, o propósito de Deus é muito firme! Não é do nosso jeito e nem do nosso modo e muito menos no nosso tempo. Quando findam os recursos e limites humanos, aparece a oportunidade da manifestação da graça e do poder daquele que tudo pode. Em Cristo, estamos dentro dessa aliança e particularmente há ações personalizadas de Deus com cada um de nós e nesse contexto, as coisas também vão acontecer do modo dele. Apenas cria e viva a experiência de se mover no sobrenatural.

 

Graças de dou, Senhor, por tua fidelidade e grandeza de propósitos. Tu és fiel e justo para fazer acontecer aquilo determinaste por tua graça. Em nome de Jesus, amém.

 

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s