Sarai não! Sara

Meditação do dia 10/08/2018

 Disse Deus mais a Abraão: A Sarai tua mulher não chamarás mais pelo nome de Sarai, mas Sara será o seu nome. Porque eu a hei de abençoar, e te darei dela um filho; e a abençoarei, e será mãe das nações; reis de povos sairão dela.”  (Gn 17.15,16)

 Sarai não! Sara – Amamos dizer e até em oração: “O Deus de Abraão…” mas ele também é o Deus de Sara, como fora de Abrão e Sarai. A história é a de um casal que escolheu andar com Deus e nessa caminhada, sucederam-se fases e em cada uma houve revelações aos seus corações e aos nossos. Espiritualmente são nossos pais e a herança deles é a nossa; a história deles antecede a nossa. O solo onde pisamos como vencedores em Cristo, já foi pisado por eles e daí vem a nossa admiração, respeito e reverencia para com nosso ancestral espiritual, que faremos bem em imitar e prosseguir no desenvolvimento de tudo que herdamos. O Deus da nossa fé é um Senhor geracional e por isso valoriza tanto a família, pois a única maneira certa de haver geração sucedendo geração é por meio de famílias. Para Deus e para os da fé, família é diferente de ajuntamento de pessoas com base em relacionamentos de conveniência. Marido e mulher, casais, pais e filhos de modo harmônico, piedoso e reverentes, sucedem-se em gerações abençoadas e abençoadoras. Algumas convicções errôneas adotadas socialmente com mentalidade mundana, em certas culturas e a nossa não fica de fora disso, por vezes reconhece o direito de apenas um dos cônjuges, como sendo aquele que tem direito a bênção, à herança espiritual, à autoridade e com isso enfraquecem os vínculos das veredas antigas de Deus, que são aqueles marcos que nunca devem ser mudados de lugar. Não removas os antigos limites que teus pais fizeram (Pv 22.28). Quando Deus chamou Abrão, também chamou Sarai; quando fez alianças e reiteradamente as confirmou, também a esposa foi inclusa; quando o Senhor mudou o nome dele para Abraão, para validar e demonstrar a grandeza de suas promessas, também mudou o nome dela para Sara, porque ela também seria abençoada, também seria protagonista da bênção e da herança e das alianças celebradas pelo Altíssimo, o Possuidor dos Céus e da Terra! A promessa de ter um filho não era só de Abraão, caso contrário, Ismael estaria dentro dos limites. Sara, também estava contida na promessa de gerar filhos e ser a mãe de nações e de reis. As mesmas promessa foram dadas aos dois e reconhecer isso é uma alegria. Quando na Nova Aliança, vem o reconhecimento de que em Cristo não há diferença e nem acepção de pessoas, Nisto não há judeu nem grego; não há servo nem livre; não há macho nem fêmea; porque todos vós sois um em Cristo Jesus. E, se sois de Cristo, então sois descendência de Abraão, e herdeiros conforme a promessa(Gl 3.28,28), é uma maravilhosa confirmação de que Deus faz todas as coisas justas, equilibradas e são os humanos que inventam suas condições que acabam baixando o nível do projeto original de Deus. Como Deus não muda, as bênçãos de Deus ainda são para toda a família, de todos que são chamados. É Deus quem muda as nossas histórias, nos dá um novo nome e reescreve o roteiro para que o futuro seja de vitórias e conquistas, para os irmãos e as irmãs. Creia nisso!

 

Senhor, Criador de todos nós, e aquele que pode mudar as nossas vidas e nossas histórias além das conveniências dos homens. Obrigado por construir sobre a base de famílias e de herdeiros que se sucedem sempre na bênção do Senhor. Em nome de Jesus, amém.

 

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s