Deus Fecha & Deus Abre

Meditação do dia 20/08/2018

 Porque o Senhor havia fechado totalmente todas as madres da casa de Abimeleque, por causa de Sara, mulher de Abraão.”  (Gn 20.18)

 Deus Fecha & Deus Abre – Caminhando para o desfecho final da história tal qual a conhecemos, nas cartas enviadas pelo Senhor Jesus às igrejas da Ásia Menor em Apocalipse, ela cita que “as portas que ele abre ninguém fecha e as que ele fecha, ninguém pode abrir” (Ap 3.7,8). Jesus tem suas razões e também tem o poder e a soberania que é inquestionável. Entre o povo de Deus, é unânime a aceitação de que Deus em poder faz o que lhe apraz e só reverte uma situação se assim entender ou a atitude de arrependimento e conversão das pessoas envolvidas justificarem a nova posição. Jó registrou um clássico dessa grandeza da manifestação do poder do Senhor: Bem sei eu que tudo podes, e que nenhum dos teus propósitos pode ser impedido (Jó 42.2). Nessa meditação, voltamos ao texto sobre o qual escrevi quando estava escrevendo sobre Abraão, e ali falei sobre o valor ou o preço das nossas bênçãos. Fazemos escolhas e para sairmos de situações difíceis contamos com a generosa mão do Senhor e seu poder se manifestando em nosso favor. Mas em situações onde houve falha e erro de nossa parte, pessoas podem ter sofrido prejuízos ou danos, que nem levamos em consideração, contando apenas a bênção que aconteceu do nosso lado, sem dar conta de que há pessoas do outro lado. Todos nós estamos numa missão de testemunhar da graça divina e levar o Evangelho das boas novas do amor de Deus pelas pessoas que estão perdidas e condenadas em seus pecados. Missões nos alerta que elas são amadas por Deus e clamam por salvação e somos a resposta de Deus a esse mundo perdido. Quando então, o testemunho dos filhos de Deus deixam a desejar e falha, estamos colocando em risco não só a nossa missão, como também a salvação e a oportunidade de Deus ser conhecido e amado por aquelas pessoas. Abraão e Sara estavam naquela terra para a peregrinar e explorar com propósitos de herdá-las posteriormente através de sua descendência. Também estavam ali como legítimos representantes do Deus verdadeiro, a quem eles serviam e deveriam fazê-lo conhecido e amado entre aqueles povos. Eles todavia, presumiram por si mesmos que ninguém ali conhecia a Deus e não haveria temor algum e que isso os colocariam em situação de risco e para preservar-lhes a integridade e a vida, maquinaram o plano de se passarem por irmãos e assim tirarem vantagem e se darem bem. Os fatos evidenciam outra coisa, pois Deus falou com Abimeleque e ele foi solícitos à voz de Deus e obedeceu de imediato e fez restituição moral e financeira, reparando os danos e devolvendo Sara ao seu marido. Mas houve um custo, pois toda a casa do rei ficou sob castigo até que Abraão orasse por eles. O mal que Abraão e Sara nunca quiseram para si, pois esterilidade não era sinal de normalidade e bênção, eles acabaram trazendo para a casa dos outros. Isso, é claro, é incompatível com o caráter da nossa fé e da nossa missão.

 

Senhor, hoje queremos refletir em oração sobre a importância do nosso bom testemunho para que o teu nome seja conhecido, amado e temido entre todos os povos. O Deus de Abraão é também o Deus de todos os povos e de todas as nações. O Senhor é bom para todos indistintamente e quer que todos sejam salvos e venham ao pleno conhecimento da verdade. Nosso papel nisso tudo é ser testemunhas que honrem e glorifiquem o teu santo nome. Amém.

 

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s