As Revelações e a Realidade

Meditação do dia 03/09/2018

 E disse: Agar, serva de Sarai, donde vens, e para onde vais? E ela disse: Venho fugida da face de Sarai minha senhora.”  (Gn 16.8)

 As revelações e a realidade – Serviço e espiritualidade será o foco da nossa meditação de hoje. Alguns veem uma separação entre as atividades da fé e os deveres do cotidiano; mas a mordomia cristã não considera dessa forma. Não há separação entre sagrado e secular – tudo é sagrado na vida do cristão. Nossa vida toda pertence a Deus por direito de criação, de preservação e de redenção e quando entregamos ela a Cristo, o fizemos na íntegra e o constituímos Senhor e Salvador de tudo. Portanto, somos o templo do Espírito Santo que habita em nós e isso nos torna santificados e isso influencia tudo que diz respeito à nossa vida. Diante de Deus o trabalho de um pastor ou missionário não é mais sagrado do que o do motorista ou do faxineiro. Nosso trabalho é nosso ministério e onde trabalhamos é nosso campo missionário. Parecem frases bonitas e motivacionais, mas não o são; elas precisam ser a expressão da vida prática de todos os filhos de Deus no dia a dia. Agar era uma serva de uma senhora “crente;” o relacionamento ficou comprometido e a serva fugiu e lá num poço à beira do caminho no deserto ela foi encontrada por um anjo de Deus. Você já recebeu a visita de um anjo? Eu não! Não sou melhor e nem pior que ela e você também. Nunca tive “grandes revelações” e nem por isso deixo de ser alguém amado por Deus e não me sinto inferiorizado aos que tiveram essas manifestações espirituais em suas experiência de vida. Por falta de maturidade espiritual e conhecimento da Palavra de Deus, pessoas acham que ter uma visão, revelação ou profetizar torna a pessoa mais espiritual ou especial e ela se torna intocável e acima dos demais. Não é verdade! Grande é Deus que se revela, que se manifesta; mas o elemento humano, continua sendo o mesmo. Deus, meus queridos separa muito bem a nossa identidade, do nosso comportamento; quem somos é mais importante do que o que fazemos e estar consciente de quem somos, torna mais plausível a atuação de Deus em nossas vidas e ministérios. Observe a conversa do anjo com Agar: Agar, serva de Sarai… Ele a chamou pelo nome, com respeito à sua pessoa e à sua dignidade. A identificou como serva de Sarai, isto era o ofício, a ocupação dela, a posição que ela tinha e sabia disso, porque ela também explicou que estava fugindo de sua senhora. Deus amava Agar e tinha planos para ela e não estava aprovando a atitude e as escolhas de nenhuma das duas. Todo servo precisa saber responder a essa pergunta do anjo: “de onde você e para onde você vai?” Toda pessoa precisa ter uma noção exata de sua origem, de onde você saiu, porque saiu porque é à partir disso que se estabelece para onde se vai. Vale para a vida e vale para o ministério. Como chegar a algum lugar se nem mesmo sabe de onde partiu? A revelação de Agar não fez famosa, não mudou exteriormente sua condição social, ela continuou serva de Sara. Mas ela agora tinha uma experiência pessoal com Deus e sabia que Deus estava com ela também e o Deus de Abraão e Sara, era também Deus de Agar e cuidaria dela porque ela era uma pessoa criada por ele. Mudou a vida dela por dentro, no íntimo e isso é o que vale. A mula de Balaão também viu anjo, teve revelação; os corvos que levaram alimento para Elias também receberam revelação de Deus e mas isso não significou nada para eles. Ter revelações sobrenaturais não é nada! Conhecer a Deus e seguir suas instruções sim! Foi o que aconteceu com Agar e o que deve acontecer comigo e contigo.

 

Deus grande e poderoso, que se revela das mais maravilhosas formas, para cumprir os teus próprios desígnios. A Palavra é a mais perfeita revelação à nós e Jesus é a Palavra encarnada. Te conhecer é a maior e melhor experiência que podemos ter e te agradecemos por nos permitir chegar a esse conhecimento. Obrigado Espirito Santo por revelar Deus às nossas vidas. Em nome de Jesus, amém.

 

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s