A descendencia do Justo

Meditação do dia 12/09/2018

 “Mas também do filho desta serva farei uma nação, porquanto é tua descendência.”  (Gn 21.13)

 A descendência do Justo – Sou por convicção apaixonado pelo tema geracional e quando leio a minha Bíblia, os textos que falam de geração, descendência, sementes, posteridade e termos afins, me atraem a atenção e eles fazem um sentido todo especial na minha vida. Ao ver esse texto que separei para escrever acerca dele hoje, em mente e meu coração correram logo para outros textos onde as promessas de Deus são ainda mais elucidativas e abrangentes. Observei por exemplo o início do Salmo 112. Louvai ao SENHOR. Bem-aventurado o homem que teme ao SENHOR, que em seus mandamentos tem grande prazer. A sua semente será poderosa na terra; a geração dos retos será abençoada. Prosperidade e riquezas haverá na sua casa, e a sua justiça permanece para sempre. Aos justos nasce luz nas trevas; ele é piedoso, misericordioso e justo (Sl 112.1-4). Não é preciso viver cobiçando as bênçãos do Senhor derramadas sobre Abraão e seus descendentes; aquelas foram dadas num contexto da formação de uma aliança de bênçãos que seriam geracionais para toda a eternidade, porque elas seriam ratificadas em Cristo e assim se tornariam ainda mais abrangentes. Como pais o nosso papel é sermos justos, retos, tementes ao Senhor e ter prazer em servi-lo. Nesse contexto já está incluso criar nossos filhos no temor e nos sagrados caminhos da Palavra de Deus. Nossos filhos herdarão as promessas que nossa aliança lhes concede, por ser nossos herdeiros. Ao adotarem um estilo de vida cristão e andar pelos caminhos da justiça e da verdade, eles estarão acumulando sobre si mesmos os favores prometidos e já preparando um terreno fértil para a próxima geração e assim sucessivamente. A cada geração de justos levantadas na terra, adiantamos muito o trabalho da redenção através do Evangelho de Cristo. Não só plantamos novas e boas sementes nos corações daqueles que não conhecem a Deus, mas conservamos os bons frutos através de famílias abençoadas e comprometidas com a verdade de geração em geração. Outro texto muito rico também é o de Provérbios: O justo anda na sua sinceridade; bem-aventurados serão os seus filhos depois dele (Pv 20.7). Isso exige uma mentalidade renovada e conformada ao Reino de Deus. Para os participantes desse reino, a vida vai muito além das fronteiras físicas e temporais a que estamos submetidos aqui. Temos a vida eterna em Cristo e nossas atividades devem visar isso. Plantamos para a vida eterna e não somente aquilo que pode ser colhido e desfrutado por nós mesmos em nossos dias. O cristão entende que o projeto de Deus nos contempla, nos inclui como importantes, mas também ultrapassa esses limites. Fazemos coisas que só veremos seus efeitos quando estivermos lá na eternidade. Veja a compreensão de Paulo sobre isso: Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará. Porque o que semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção; mas o que semeia no Espírito, do Espírito ceifará a vida eterna. E não nos cansemos de fazer bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido (Gl 6.7-9). Ismael tinha a promessa e a confirmação de ser abençoado e prosperar como homem e como nação por ser um descendente de Abraão, mas também por ser filho de uma serva de Deus que o conheceu e se comprometeu com ele. O seu berço não será jamais um impedimento para o favor divino sobre sua vida. A redenção muda sua vida e seu destino. A obra de Deus supera e anula os feitos dos homens, ainda que sejam feitos errados e pecaminosos e por essas razões sociais e culturais a pessoa tenha carregado um peso de maldição e visto a si mesmo como um forte candidato a uma vida de frustração e derrota. A justiça dos pais atraem a benção para sua vida. Os pecados e erros de seus pais e familiares são anulados pelo novo nascimento, por causa do sangue de Jesus derramado na cruz. O seu arrependimento e entrega total a Deus, lhe habilita a um novo destino, uma nova vida. Voce pode iniciar agora uma nova linhagem de justiça e retidão. Sua próxima geração já será diferente e abençoada.

 

Pai, nesse dia eu desejo abençoar a vida das pessoas que tem lutado com sua história e suas raízes que não foram boas. Intercedo junto ao trono da graça por restauração e vida nova, incluindo um novo nome que o Senhor tem para elas, mas que ainda não se conscientizaram de quão especiais eles são e como a obra de Cristo já operou em benefício deles. Oramos por uma experiência de revelação espiritual nos seus corações para que possam experimentar o que já lhes é de direito em Cristo Jesus. Amém.

 

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s