O Casamento de Ismael

Meditação do dia 29/10/2018

 “E habitou no deserto de Parã; e sua mãe tomou-lhe mulher da terra do Egito.”  (Gn 21.21)

 O Casamento de Ismael – As nossas raízes são muito importantes e o compromisso que se estabelece com esses vínculos, podem fazer muita diferença no resultado final dos planos de uma pessoa. Ao olharmos os ensinamentos bíblicos sobre a formação das famílias e delas vieram povos e nações, vemos que a valorização das origens era levado muito à sério. Abraão, anos mais à frente do que estamos estudando agora, ao procurar uma esposa para Isaque, foi em busca de suas raízes; Isaque fez o mesmo com relação à Jacó, que veio a ser Israel. Como Ismael estava fora da herança por sucessão em relação a família de seu pai, e agora vivendo longe numa espécie de exílio, a sua maior influencia e referencia era naturalmente sua mãe, que tinha suas origens no Egito e foi exatamente nesse povo que ela buscou uma esposa para Ismael. Não tenho a pretensão de estabelecer nenhum paralelo entre aquilo que eles fizeram lá e o que fazemos hoje, em termos de famílias ou os valores que nossa sociedade adota para estabelecer alianças de casamento. Mas os princípios que norteiam as escolhas sempre vão revelar traços do caráter e a direção em que ele segue na vida espiritual. Há uma família e uma linhagem da fé onde deveria ser a raiz para se formarem as novas famílias dentro e valorizando a herança espiritual de cada um. Mas na atualidade pouco valor está sendo atribuído ao casamento e muito menor ainda a faze-lo dentro do ambiente de mesma fé. Com isso as novas gerações surgem com um distanciamento cada vez maior das verdadeiras alianças com Deus. Israel como nação surgiu com uma visão focada em ser uma nação sacerdotal para todas as nações, sabendo que deles viria o Messias, e por essa possibilidade real, eles foram sempre muito cuidadosos com os aspectos que circunstanciavam o casamento, para blindar de laços estranhos à aliança de Deus com os patriarcas Abraão, Isaque e Israel. Eles fugiam e até por força de lei, o casamento misto, ou com estrangeiros pagãos era desencorajado veementemente. Quantas histórias e relatos encontramos sobre os prejuízos que tais violações trouxeram para o povo de Deus em sua história. Mas a razão principal era manter uma linhagem pura, longe da imoralidade sexual e uniões ilícitas, para que no futuro uma virgem de Israel pudesse vir a ser o instrumento divino para a concepção imaculada de Jesus. Quando olhamos para aqueles padrões tão rígidos em termos de família e moralidade, não se tratava de uma mera questão de fazer diferente, mas um propósito de ser o ideal para canalização dos eternos propósitos divinos para a redenção. Também a formação da família, deve ser algo procurado e celebrado por todos. A bênção do Senhor sobre as nossas vidas, ainda está sob a condicional “de geração em geração…” se não houver continuidade de famílias e nascimentos, como perpetuar algo que é geracional. Temos que admitir que em nosso tempo, qualquer coisa se transforma em “business” (negócios); e o casamento não ficou fora disso; há uma indústria em torno dele, que chega a ser mais valorizado do que o casamento e a aliança em si. É por demais comum vermos cerimonias de milhões em gastos, e tudo desaba em menos de um ano; outros já chegam para a cerimonias já trincados e mal resistem aos poucos dias da lua de mel. Quem tem uma promessa de Deus, precisa se cuidar e procurar suas raízes e estabelecer vínculos que lhe permitam perpetuar os planos e realizações.

 

Senhor, obrigado por nos dar entendimento que o casamento está nos teus planos desde a origem do homem e a perpetuação da tua benção segue-nos de geração em geração e assim será para todo o sempre. Em nome de Jesus, amém.

 

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s