A Idade de Isaque

Meditação do dia 30/12/2018 

 E era Isaque da idade de quarenta anos, quando tomou por mulher a Rebeca, filha de Betuel, arameu de Padã-Arã, irmã de Labão, arameu.”  (Gn 25.20)

 A Idade de Isaque – Gosto de prestar atenção em algumas afirmações nem sempre tão usuais ou precisas, dentro dos contextos narrados referentes aos personagens bíblicos. Idade é uma dessas questões interessantes de se observar, porque ela estará conectada a outros ensinamentos ou informações que em alguma circunstancia nos ajudará a montar um quebra cabeças de relevância. Sara, a mãe de Isaque é um dos poucos casos, se não me falha a memória, em que a idade de uma mulher é citada. Sabemos que Isaque nasceu aos noventa anos de Sara e cem de Abraão; também sabemos que Sara morreu com cento e vinte e sete anos de idade, nesse caso, Isaque estava com trinta e sete anos, portanto, três anos antes de se casar com Rebeca. O que há de tão especial ou tão espiritual nisso? Não sei! Mas como sei que nada sei e tudo que sei não é tudo que existe, então o registro tem mais profundidade do que vejo e imagino. Como Deus, na pessoa do Espírito Santo ao inspirar a escrita e os escritores sagrados, tinha um completo governo de todas as situações, então Deus não desperdiçaria espaço útil no seu conteúdo, para inserir informações de nenhuma relevância ou significado. Acredito que se continuar na direção da piedade e da fé humilde e simples, poderemos vir a ganhar compreensão, pela graça infinita do Senhor. Mas também, trabalhando com os elementos que já conhecemos, e até já escrevi sobre isso, a vida de uma pessoa dentro do projeto eterno do Senhor Deus, é marcada por etapas, períodos precisos, onde fases se encerram e iniciam e que tais fatos precisam ser bem acolhidos e vivenciados para atingir uma maturidade plena e saudável, para ser um instrumentos de transmissão de amor e graça, dentro do propósito individual e personalizado do Criador para cada um de nós. Vejamos, por exemplo uma pergunta intrigante, feita do Mardoqueu à Ester, em relação a sua vida e ascensão ao trono persa: Porque, se de todo te calares neste tempo, socorro e livramento de outra parte sairá para os judeus, mas tu e a casa de teu pai perecereis; e quem sabe se para tal tempo como este chegaste a este reino. (Et 4.14). O que esse tio piedoso que criou a sobrinha com tanto carinho e inseriu na vida dela os princípios de sua fé, agora estava dizendo a ela, em palavras simples, era que toda a vida dela, incluindo a bênção de ser bonita fisicamente, a ponto de ser observada e escolhida para ser pretendente do rei; de ser atenciosa, educada e gentil, a ponto de cativar a criadagem real inteira e receber favores especiais e até mesmo a tragédia de ter perdido os pais quando ainda era criança, agora se revelava em oportunidades de fazer coisas, que em quaisquer outras circunstancias não seria possível. Nem toda tragédia é uma tragédia de fato, e nem tudo correndo bem e à favor, é de fato vantagem e bênção. Os propósitos divinos se realizam em nossas vidas, via caminhos que nunca escolheríamos voluntariamente. Assim, até erros e pecados que cometemos e tivemos que fazer consertos e recuos na caminhada, se revelam caminhos através dos quais faremos acontecer a vontade de Deus e causaremos impactos tremendos na história e na vida de outras pessoas, que seguirão com os planos. O importante é fazer o nosso papel, quando e onde estiver assinalado com um X por Deus. Quando Deus estava sarando o ventre das mulheres do rei filisteu Abimeleque, antes de Sara conceber, também estava curando o ventre de uma mulher, cunhada de Abraão, lá e Arã, para que ela gerasse filhos e entre esses, visse Rebeca, agora pronta para ser a parceira de aliança de Deus com Isaque. O casamento é um marco na vida de qualquer pessoa, em toda a história da humanidade, principalmente se ele for realizado da maneira verdadeira, espiritual e na obediência aos preceitos da fé. Ele cumpre uma etapa deveras marcante e inicia uma nova fase na vida deles, como também é fase de finalização de etapa na vida dos pais, que criaram os filhos para chegarem nisso. Se alguém fura o esquema, estraga o projeto de Deus para ele pessoalmente, para outra pessoa e para os pais de dois lados e ofusca o futuro do reino de Deus. O pais são responsáveis pelos filhos e uma geração é responsável pela próxima geração. Você acreditando nisso ou não, não mudará os fatos, que são veredas antigas, e terá um preço e consequências, pode acreditar.

 

Senhor, a tua Palavra o trata como o Deus Todo Poderoso, Senhor dos Céus e da Terra, Deus de gerações e através delas os teus santos propósitos são estabelecidos e validados. Obrigado por essas etapas em nossas vidas e pelo discernimento de que fazemos parte de algo infinitamente maior do que nós mesmos e do que os dias que vivemos aqui na face da terra. Teu é o reino, o poder e a glória, para todo o sempre, amém e de geração em geração, por todos os séculos dos séculos, no poderoso nome de Jesus, a Raiz e geração de Davi. Amém.

 

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s