Entulhando Poços

Meditação do dia 17/01/2019 

E todos os poços, que os servos de seu pai tinham cavado nos dias de seu pai Abraão, os filisteus entulharam e encheram de terra.”  (Gn 26.15)

 Entulhando Poços – Hoje vamos meditar sobre as atitudes mesquinhas e a arte de fazer pirraça, birra, calundu e etc. são atitudes que revelam infantilidade no comportamento e como adultos são apenas crianças crescidas e quando mal educadas e por falta de correção, as atitudes imaturas se tornam traços de caráter. A sabedoria nos ensina que ações geram hábitos, que se solidificam e se tornam parte do caráter e determinam o destino. Para nós, filhos de Deus, adoradores e que buscamos crescer no conhecimento da vontade do Senhor, temos metas e alvos a serem atingidos e a Palavra de Deus como bússola para nortear nossa jornada. Nossa identidade é um bem muito estimado e de grande valor; somos o que somos porque Deus é tudo o que temos e o tudo de que precisamos. Assim, sempre que somos desafiados e confrontados com valores inferiores aos do Reino, nos apegamos ao que somos, porque isso é maior e melhor do que o que temos ou poderemos alcançar. Está claro para os filhos de Deus do fato de que ser é mais do que ter ou fazer. Nossa vida e prosperidade não é medida por valores materiais ou até mesmo posições. O cristão tem que estar consciente de que a parte material que inclui riqueza, prosperidade, posição e poder são capitais à serviço de desenvolver e propagar o Reino. Nós possuímos essas coisas; não somos possuídos por elas. Nós as controlamos e direcionamos e não o contrário. Cientes dessa mordomia, quer nossos bens aumentem ou diminuam, não faz diferença (desde que não seja por mal uso, desperdício ou pecado), por tudo pertence a Deus e somos apenas mordomos, administradores. Isaque foi fiel e obediente, ficando e fazendo a vontade de Deus em circunstancias que todos ao seu redor classificaram como suicida. Ele foi honrado e cresceu e isso atraiu a inveja, a cobiça e por fim a maldade e as atitudes destrutivas, próprias de pessoas mesquinhas. Na minha infância havia uma expressão goiana para isso: “Não como, mas jogo terra!” a pessoa birrenta e mesquinha preferia não desfrutar de algo só para não compartilhar, e então destruía para não permitir que outros desfrutassem. Esses filisteus, vizinhos de Isaque, antes “amigos” vivendo em lugares áridos e de escassez de água, escolheram entulhar poços existentes a muito tempo, produtivos e valiosos para todos, só para que Isaque não continuasse prosperando. O que vocês acham que muitos dos cristãos atuais fariam ou fazem em semelhantes situações? Se irritam, se desgastam, amarguram-se e murmuram e culpam o diabo e todo mundo. Por que? Falta de maturidade; desconhecem suas identidades, a quem servem e o poder da aliança. Não eram os poços que davam prosperidade a Isaque. Era Deus! Ninguém impede a bênção dada por Deus. Ninguém acaba ou mata ministério de ninguém. Só gente mesquinha faz mal ou age para impedir a vida dos outros. Somos da vida, da paz, da bênção e da fé. Quem tem ministério de destruição é o diabo. Incentivo os cristãos a não darem bola para os agentes do mal; a concentrarem esforços em construir e cooperar o máximo possível. Vale aquela máxima bíblica do Salmo 112, que faço dele nossa oração de hoje e vale meditar nele.

Louvai ao SENHOR. Bem-aventurado o homem que teme ao SENHOR, que em seus mandamentos tem grande prazer. A sua semente será poderosa na terra; a geração dos retos será abençoada. Prosperidade e riquezas haverá na sua casa, e a sua justiça permanece para sempre. Aos justos nasce luz nas trevas; ele é piedoso, misericordioso e justo. O homem bom se compadece, e empresta; disporá as suas coisas com juízo; Porque nunca será abalado; o justo estará em memória eterna. Não temerá maus rumores; o seu coração está firme, confiando no Senhor. O seu coração está bem confirmado, ele não temerá, até que veja o seu desejo sobre os seus inimigos. Ele espalhou, deu aos necessitados; a sua justiça permanece para sempre, e a sua força se exaltará em glória. O ímpio o verá, e se entristecerá; rangerá os dentes, e se consumirá; o desejo dos ímpios perecerá.

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s